Pessoas são o maior ativo de uma organização independente de seu segmento, e isso não é diferente nos escritórios contábeis. Conquistar o comprometimento dos colaboradores não é uma tarefa fácil, e por isso, muitos escritórios não dedicam seu tempo a esse tipo de gestão de pessoas o que ocasiona uma grande rotatividade, e consequentemente, maiores investimentos em novas contratações. No artigo de hoje vamos lhe ensinar 5 passos para reter os talentos do seu escritório contábil!
 

Entendendo a retenção de talentos

 
Reter pessoas em uma empresa tem se tornado cada vez mais difícil, principalmente se considerarmos as particularidades da geração Y, que tem como uma das principais características o engajamento com uma causa, a ansiedade e o anseio por mudanças e novidades.

Reter os talentos do seu escritório contábil significa descobrir quem são as pessoas chave do seu escritório contábil, aquelas que realmente tem muito potencial, brilho nos olhos e uma identificação profunda com a cultura do seu escritório e com os objetivos particulares de vocês.

Muitas vezes essas pessoas acabam passando despercebidas pelos gestores e outras tantas vezes são percebidas, mas não tem a valorização merecida, e em ambas as situações, esses talentos acabam deixando os escritórios e partindo em busca de outras empresas que possuam a tal valorização.

Para reter os talentos do seu escritório contábil você precisa estar ciente que deverá fazer investimentos nos seus colaboradores e também nos seus gestores, tornando-os capazes de reconhecer talentos e aplicar a retenção de forma eficiente.
 

1. Estabeleça um plano de carreira claro

 
É muito difícil correr se você não sabe exatamente onde pode chegar. Quando um colaborador entra no seu escritório contábil, ele deve sentir que existe uma equipe que trabalha para o desenvolvimento profissional e pessoal dele, pessoas que realmente se importam com a sua vida e com os seus sonhos.

É assustador a quantidade de colaboradores que passam anos no mesmo escritório contábil e continuam exatamente na mesma posição que entraram. Pode ser uma surpresa para você, mas quando o assunto é satisfação de colaboradores, o fator número 1 que os leva a deixar uma empresa é a falta de valorização, não o fator salarial como muitos imaginam.

Ao entrar no seu escritório, para fazer parte do seu time, seu colaborador precisa saber que existirá um plano de carreira contemplando crescimento interno. Não é segredo que muitos escritórios preferem contratar pessoas de fora para assumir cargos de gestão quando surge uma oportunidade. Isso desmotiva colaboradores antigos e principalmente os talentos que estão escondidos atrás dos computadores do seu escritório.

Definir um plano de carreira claro e conciso é fundamental para motivar e reter os talentos do seu escritório contábil. Isso cria um foco e aprofunda um objetivo, e como falamos acima, seus colaboradores passarão a correr mais rápido, visto que saberão exatamente onde podem chegar se assumirem seus papéis e os desempenharem da melhor forma possível.
 

2. Capacite seus gestores

 
Cada gestor é responsável por um departamento diferente e dentro desse departamento existem diversas pessoas diferentes, pessoas com sonhos diferentes, habilidades diferentes e necessidades diferentes. Não é sempre que um gestor consegue dar a devida atenção a cada um dos colaboradores ou praticar a gestão de forma individual e participativa.

É lamentável dizer, mas existem muitos gestores que são movidos por ego. Gestores que tem medo de perder seus cargos ou que se sentem ameaçados por colaboradores talentos, e por isso, acabam podando qualquer ação proativa ou espírito de liderança que acabe imergindo em determinadas situações.

Minha dica para você nesse passo é prestar atenção em seus gestores e nas pessoas que você coloca no comando de uma equipe, essas pessoas serão responsáveis por um departamento e pelas pessoas que trabalham nele, por isso, invista na capacitação desses gestores para que eles possam gerir mais que processos, que consigam gerir pessoas.
 

3. Envolva seus colaboradores na realidade do escritório

 
Ainda existem muitos proprietários de escritórios que isolam decisões e fatos e os deixam apenas para a gerência. É fato que algumas decisões estratégias cabem a cargos específicos, mas é importante que os seus colaboradores sejam envolvidos em reuniões periódicas, que saibam sobre a realidade do escritório.

Se você gostaria de reter os talentos do seu escritório contábil, permita que eles façam parte da sua realidade. Convoque reuniões periódicas e compartilhe com os seus colaboradores os números de cada mês. Mostre o crescimento, as projeções, os investimentos que são e que serão feitos no escritório.

Compartilhe decisões importantes com os membros do seu time, não deixe que saibam das coisas apenas quando acontecerem, informe previamente, compartilhe informações e deixe seus colaboradores cientes, isso fará com que eles se sintam parte da sua empresa e a sensação de pertencimento é um dos maiores agentes quando o assunto é reter talentos no seu escritório contábil.
 

4. Aplique feedbacks constantes

 
Ao contrário do que muitos gestores pensam e aplicam, os feedbacks devem ser dados constantemente e não apenas em momentos que ocorre uma falha de determinado colaborador. Feedbacks são a chave para uma comunicação efetiva com cada membro do seu escritório contábil e contribuem imensamente para a evolução de cada um.

Aplicar feedbacks deve se tornar uma rotina entre os gestores e colaboradores, independentemente do nível hierárquico. Todos são um time acima dos departamentos que os separam, então feedbacks devem ser sempre bem-vindos, independente da hierarquia de cargos ou diferença de departamentos.
Feedbacks além de trazer insights para mudanças de comportamento e execução ainda são ótimos para elevar a moral dos colaboradores e fazê-los ver que estão no caminho certo e que as pessoas e sua volta reconhecem e apreciam seu trabalho.

A cultura de dar e receber feedbacks é podada em muitas empresas porque, infelizmente, existem algumas pessoas que não estão prontas para receber críticas construtivas ou elogios desinteressados. É uma prática muito eficiente, porém, demora tempo para ser implantada com êxito.
 

5. Crie um canal de comunicação eficiente

 
Considerando o tempo concorrido e as tarefas e obrigações diárias não é incomum que o dono do escritório passe cada vez menos tempo lá. Por isso, é importante que exista um canal de comunicação eficiente entre proprietário e colaboradores.

Você precisa ouvir o que seus colaboradores pensam e quais são as suas sugestões. Essas pessoas passam mais tempo dentro da sua empresa do que com suas famílias, elas precisam sentir que existe um ambiente de reciprocidade e com abertura suficiente para que possam expor suas ideias e opiniões.

Ao ignorar as sugestões de um colaborador, você está deixando de ouvir alguém que realmente se preocupa com o crescimento do seu escritório, porque o ato de falar ou dar sugestões significa que essa pessoa se importa, e por isso, se arrisca a dar suas opiniões.

Esse canal de comunicação pode ser inclusive presencial. Por que não? Você pode instituir um dia para almoçar com cada colaborador ou separar um dia para tomar um café da manhã. Basta sincronizar essas ações com a sua agenda e organizar o tempo, o importante é que esse canal exista e que esteja realmente aberto.

Por isso, gestor contábil, reter os talentos do seu escritório contábil significa manter com você pessoas que realmente querem fazer a diferença dentro do seu escritório e que estão tão preocupadas com o crescimento dele quanto você!