fbpx

Como anda o engajamento do seu time?  Você sente que está fazendo tudo certo, no entanto, você simplesmente não consegue mantê-los motivados e produtivos? Oferecer um bom plano de carreira para a sua equipe contábil pode te ajudar com este problema. 

Faz algum tempo que o salário deixou de ser o principal atrativo em uma empresa. O colaborador hoje, está em busca de benefícios qualitativos e de longo prazo e um plano de carreira está entre os aspectos mais valorizados pelos profissionais. 

Oportunidades de crescimento bem definidas, podem tornar um profissional muito mais engajado e motivado a entregar o melhor para avançar de posição em seu escritório. Isso, na prática, traz benefícios não só para o seu colaborador, mas para o seu escritório e clientes.  

Então, se você deseja aprender como montar um plano de carreira para sua equipe contábil e entender melhor quais benefícios ele traz para o seu escritório, continue lendo esse artigo! 

O que é um plano de carreira 

A definição de um plano de carreira é bastante direta: é essencialmente um roteiro detalhando como um colaborador avançará profissionalmente em sua empresa.  

Que tipo de caminho (ou caminhos) ele seguirá? Quais medidas ele precisa tomar para alcançar esses marcos? Existe uma linha do tempo para alcançá-los? Existem recursos disponíveis que eles podem usar?  

Geralmente, esse plano é criado pelo funcionário e seu gerente direto e, em seguida, revisado e aprovado pelo RH, diretores e gerentes. 

Esse planejamento conta com toda a jornada que o colaborador deverá percorrer, ou seja, mostra exatamente quais competências e habilidades ele deve desenvolver e como se preparar para alcançar cargos mais altos, em seu escritório, no futuro. 

O plano de carreira também aponta quais indicadores de performance deste profissional deverão ser monitorados, quais metas ele precisa atingir e em qual prazo. 

Então, resumidamente, um plano de carreira é como um guia para que seu colaborador se desenvolva profissionalmente em seu escritório. 

Por que montar um plano de carreira para sua equipe contábil 

Um plano de carreira tem o poder de motivar, melhorar o desempenho do colaborador, capacitar, formar líderes internos e proporcionar crescimento para empresa e para o colaborador.  

Em um cenário tão competitivo como o contábil, pode ser que um escritório pequeno não possa oferecer benefícios semelhantes aos de grande porte, então ter um plano de carreira real e claro, ajuda a reter aquele colaborador dedicado e presente. 

Além disso, quando bem executado e supervisionado, o plano de carreira ajuda a aumentar a confiança e a credibilidade que os colaboradores depositam em seu escritório. E não há nada melhor do que ter uma equipe que realmente veste a camisa, confia em suas orientações, acredita em seu propósito e trabalha a favor do crescimento mútuo e não apenas individual. 

Quais as vantagens de um plano de carreira 

Ter um plano de carreira definido, claro e alcançável, traz benefícios a empresa como um todo. 

Selecionei alguns para que você entenda melhor: 

Motivação para a equipe 

Quando um escritório contábil oferece um bom plano de carreira, o funcionário enxerga a oportunidade real de crescimento profissional. Com a ajuda de feedbacks e metas alcançáveis, ele sabe exatamente qual o seu caminho até a próxima estrutura hierárquica. 

A gestão de carreira também mostra ao colaborador que o escritório está ao seu lado na busca pelo sucesso. O que o faz se sentir valorizado, aumentando assim a sua produtividade e engajamento com os valores e propósitos do escritório.  

Redução do turnover 

Ter colaboradores motivados influencia diretamente em outro aspecto importante, a gestão de pessoas e redução do turnover

Turnover é a taxa de rotatividade de uma empresa, e escritórios com altas taxas de entradas e saídas de colaboradores acabam gastando com novos processos seletivos e treinamentos, além de ter seus projetos prejudicados pela instabilidade da equipe. 

O plano de carreira é a melhor maneira de evitar esses problemas, pois, quando a empresa se estrutura para desenvolver seus talentos a rotatividade tende a ser reduzida.  

Essa valorização está entre as vantagens mais procuradas por profissionais no mercado, então se o seu colaborador encontrar isso em seu escritório, não irá buscar novas oportunidades. 

Aumento da qualidade dos profissionais e do trabalho

Com treinamentos e feedbacks, pontos centrais de um bom plano de carreira, o funcionário conseguirá desenvolver características importantes que podem melhorar a forma como ele executa seu trabalho. Tornando-se assim, um colaborador completo e preparado. 

Além disso, escritórios que procuram executar o plano de carreira conseguem atrair candidatos qualificados para suas vagas, pois além de uma boa remuneração, um bom profissional procura crescimento e oportunidade de assumir grandes desafios.  

Então, além de reter os bons profissionais, ter um plano de carreira te ajuda a recrutar talentos diferenciados para sua equipe. 

3 modelos de plano de carreira para seu time contábil 

Há diferentes modelos de plano de carreira, cada um com um objetivo e uma função.   

Confira a seguir 3 dos principais modelos de plano de carreira para times contábeis

1- Modelo em linha ou horizontal 

Plano de carreira em Linha

Esse modelo não traz ascensão ao colaborador de um cargo para o outro, pois existem várias funções na mesma posição hierárquica. 

Dessa forma, quando o funcionário começa a exercer uma nova tarefa, com novas responsabilidades muda-se o salário e os benefícios. 

Esse modelo geralmente é escolhido por empresas que não possuem cargos superiores para que o colaborador possa ascender ou para aqueles onde um determinado colaborador não pode ser trocado de função. E se encaixa melhor em escritórios com um quadro bem pequeno de funcionários.

3- Modelo com estrutura paralela 

Este modelo oferece duas opções: o técnico e o gerencial. O que permite que o funcionário escolha por qual área ele mais se identifica. 

Ou seja, o colaborador decide, assim que entra na empresa, qual área tem mais a ver com ele e dessa forma se capacita, dentro da empresa, naquele segmento. 

Esse formato é válido, principalmente, para escritórios que possuem serviços além do trivial (Departamento Pessoal/ Contábil/ Fiscal) como BPO Financeiro e Gestão Tributária. 

4- Modelo em rede 

Plano de carreira em Rede

Uma estrutura vantajosa para o funcionário, o modelo em rede possibilita uma variedade de cargos que poderão ser ocupados pelo profissional, caso ele consiga atingir as metas necessárias para isso. 

Nesse modelo, o gestor orienta seu colaborador e oferece diversos caminhos de plano de carreira. Dessa forma, o profissional pode escolher aquele que melhor se encaixe ao seu perfil. 

Ou seja, um assistente fiscal pode decidir se especializar para ser um analista tributário ao invés de um Analista Fiscal, assim ele continua o plano de carreira, mas agora em uma área semelhante a dele. 

O plano de carreira em rede pode ser uma ótima opção para dar mais possibilidades ao  seu funcionário, uma vez que ele também participará da tomada de decisão sobre sua ascensão. 

Como montar um plano de carreira para sua equipe contábil 

Nós entendemos a importância e todas as vantagens em ter um plano para os seus profissionais, mas agora a dúvida é outra: Como montar um plano de carreira para o meu time contábil? 

Esse passo a passo pode ajudá-lo: 

1- Tenha um organograma 

O Organograma empresarial é uma representação visual de como funciona a estrutura da sua empresa. Ele descreve com clareza a função de cada colaborador e esclarece quem se reporta a quem. 

Um organograma te ajuda a identificar, de forma clara, as possibilidades de avanço do seu colaborador. 

2- Determine uma formação para cada cargo 

Tenha definido pré-requisitos básicos para que o colaborador avance de cargo em cargo. Por exemplo, a trajetória de um Analista Jr até o cargo de Analista Sênior: 

É importante realizar esta mesma análise para cada área do seu escritório. 

3- Tenha um plano de cargos e salários 

Um Plano de Cargos e Salários é uma ferramenta que possibilita à empresa organizar os cargos de acordo com sua relevância para o negócio. A partir de uma avaliação profunda é possível oferecer salários que estejam alinhados às responsabilidades exigidas para cada cargo e também ao comparativo feito com o mercado. 

Assim seu colaborador pode progredir com benefícios claros e justos. 

4- Entenda como seu colaborador se vê no futuro 

O terceiro passo para elaborar um bom plano de carreira para sua equipe contábil é compreender o que seus colabores têm como visão para o futuro. 

Busque saber onde ele se vê, dentro da sua empresa, em futuro próximo e distante.  

Para que o seu plano de carreira seja adequado e real, é fundamental saber o que seu colaborador almeja atingir e quais são seus objetivos profissionais. Isso te ajudará a detectar e transformar aquele colaborador com potencial em um verdadeiro líder, se assim ele desejar. 

5- Faça uma avaliação 

Todo desenvolvimento tem um ponto de partida, o que significa que você precisa saber onde está o funcionário agora. Por isso é importante que se faça uma avaliação de desempenho. 

A avaliação de desempenho é uma ferramenta que busca conhecer e medir a atuação dos indivíduos na organização, estabelecendo uma comparação entre o desempenho esperado e o apresentado por esses indivíduos. 

Pode ser uma avaliação existente ou um modelo que sua empresa tenha criado. 

Independente disso, convém que o funcionário responda perguntas como: 

  • Em que área ele sente que se destaca? 
  • Em qual área ele encontra dificuldade? 
  • Qual atividade o torna motivado e engajado? 
  • Como ele ,atualmente, tira proveito dos recursos disponíveis? 

Isso lhe dará uma ideia de onde esse funcionário está começando, para que você possa descobrir como elevar sua carreira e habilidade de acordo com o que ele imagina para o seu futuro. Afinal, você deseja que esse plano de carreira seja o mais direcionado e realista possível. 

6- Avalie as necessidades de toda a empresa 

Infelizmente, existem limitações no que sua empresa pode oferecer. Isso significa que nem sempre haverá uma linha clara entre as ambições de um funcionário e o que você tem disponível. 

Por exemplo, talvez seu analista fiscal sênior, queira liderar uma equipe tributária, mas esse setor não está em sua estratégia a longo prazo. 

Neste momento, não entre em pânico. 

O plano de carreira precisa trabalhar para o colaborador, mas também para você como empregador.  Então mesmo que você não consiga levar o funcionário até o destino final, provavelmente ainda há muito o que fazer para apoiar o desenvolvimento e manter seu nível de engajamento elevado.  

Portanto, depois de saber o que esse membro da equipe está buscando, reserve um tempo para refletir sobre como isso se encaixa na visão da sua empresa. 

7. Ofereça opções 

Agora você sabe onde está sua empresa e sabe onde está o funcionário, é hora de se encontrar em um meio termo entre esses dois mundos. Como vocês podem se apoiar? 

Talvez você não possa garantir que o funcionário suba os degraus para liderar um departamento tributário em seu escritório. Mas ele poderia liderar a sua estratégia tributária, ou até mesmo oferecer este trabalho aos seus clientes e entender melhor se existe demanda. 

Isso mostrará a ele que existem outras opções. Então não desista do plano de carreira para o seu time contábil, por possíveis divergências de caminho. O plano pode ser flexível e se adaptar não só as necessidades de sua empresa, mas as do colaborador também. 

8- Ofereça Recursos 

Ter uma política estruturada de treinamentos é essencial para implementar um plano de carreira eficiente. 

Utilize a avaliação de desempenho do funcionário para identificar quais são seus pontos a melhorar e ofereça cursos ou workshops que o ajude a desenvolver essas lacunas.  

Essa personalização é extremamente importante para que os treinamentos sejam realmente relevantes. 

Além dos cursos para desenvolver habilidades técnicas, também é importante oferecer treinamentos comportamentais e institucionais.  

Desse modo, o colaborador se mantém sempre atualizado em relação à cultura e os objetivos da empresa, além de evoluir características pessoais fundamentais, como liderança, comunicação e trabalho em equipe. 

9- Avalie  

As avaliações periódicas também são importantes para a definição de um plano de carreira.  Isso porque, novos potenciais e pontos a desenvolver podem surgir, bem como o colaborador pode mudar de ideia sobre o rumo que deseja seguir em sua vida profissional. 

As avaliações contribuem para que empresa e o colaborador possam atuar em sinergia, em prol de um objetivo em comum. Assim, fica mais fácil para o funcionário conquistar a promoção que deseja e para que as organizações possam ter profissionais altamente qualificados em seu quadro. 

10- Coloque em prática 

Não basta cobrar o colaborador e prometer coisas que pode não conseguir cumprir. É preciso incentivar a mudança de comportamento e desenvolver as habilidades, com o intuito de prepará-lo positivamente para crescer na empresa. 

O não cumprimento de suas promessas pode causar um malefício enorme na relação entre colaborador e empresa. Se o funcionário se sentir enganado, ele pode ficar desmotivado e, por conta disso, não atingir os resultados esperados, prejudicando a produtividade do seu negócio.  

Por isso é muito importante que as perspectivas apresentadas ao colaborador sejam muito bem pensadas e preparadas.  

Não é só sua equipe, você empresário também deve ter um plano de carreira

Neste artigo levantamos a importância de um plano de carreira e ensinamos a montar um para a sua equipe contábil, as o empresário contábil também deve ter o seu plano. 

É importante entender em que momento você está e onde quer chegar com sua carreira, seja tornar seu escritório grande, empreender com novos produtos contábeis ou, quem sabe, investir em se tornar um mentor. 

Independe de onde deseja chegar é importante traçar e detalhar, em um plano, qual caminho será preciso percorrer para isso.  

Então faça uma auto avaliação, pense em como você se vê no agora e como deseja estar em um futuro próximo e comece a definir suas metas.

Então é isso 

Um plano de carreira para sua equipe contábil é uma iniciativa importante para melhorar e reter seus recursos internos. 

Espero que este conteúdo te ajude a montar um plano de carreira real e eficiente, seja para você ou para sua equipe contábil.