Contabilidade Analítica – O que é e porque é interessante adicionar mais esse serviço ao portfólio do seu escritório?

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

A contabilidade é uma necessidade de qualquer empresa, não só do ponto de vista legal, em que as demonstrações e obrigações contábeis precisam ser elaboradas e apresentadas, mas também do ponto de vista da gestão, como uma ferramenta  fundamental para a tomada de decisões. Afinal, somente com a utilização das informações fornecidas pela contabilidade é que os gestores podem escolher o melhor caminho para seguir com suas empresas. Nesse contexto, informações mais detalhadas e específicas se tornam cada vez mais relevantes, colocando a contabilidade analítica como principal aliada nesse processo.

No entanto, nem todos os escritórios oferecem a contabilidade analítica, seja por falta de conhecimento sobre ela ou por ter dúvidas sobre como ela funciona. Por isso, neste artigo, irei me aprofundar um pouco mais nesse assunto, mostrando o que é contabilidade analítica e qual sua função e importância.

Vamos lá?

O que é contabilidade analítica?

Conhecida também como contabilidade de custos e contabilidade de gestão, a contabilidade analítica é dedicada à emissão de relatórios de acordo com as necessidades da gestão de cada empresa. 

Para a confecção desses relatórios, o contador analisa quadros e mapas empresariais, balanços, demonstrações de contas e fluxos de caixa, entre outros relatórios, a fim de usar essas informações para apoiar seus clientes na tomada de decisões de suas empresas. 

As principais características deste serviço são:

  • Ao contrário da contabilidade financeira, tem objetivos econômicos claros;
  • Permite fazer a análise de qualquer desvio financeiro e ainda fazer previsões sobre quando devem ser feitos investimentos de médio, curto e longo prazo. 

A contabilidade analítica é uma forma de contribuir para o alinhamento com seu cliente, mantendo o relacionamento de vocês muito mais próximo. Além disso, diferente da contabilidade sintética (na qual a informação se encontra resumida), a contabilidade analítica possibilita que você visualize os detalhes das contas dos seus clientes. E extraia delas informações que possam servir de apoio para as decisões deles sobre os caminhos que devem seguir, de maneira mais eficiente e baseada em dados concretos sobre o negócio

Funções da contabilidade analítica 

O objetivo principal da contabilidade analítica é apurar os resultados de cada cliente, avaliando seus custos e o aproveitamento de seus processos. Ela possibilita ao empresário verificar a viabilidade de seus investimentos e os prejuízos relacionados a determinadas decisões.

Dessa forma, as principais funções da contabilidade analítica são: 

  • Fazer previsões em relação ao lucro e ao prejuízo;
  • Identificar os gastos gerais e os gastos em cada segmento da empresa;
  • Recolher informações para acionar o planejamento;
  • Verificar a relevância financeira de cada operação  da empresa;
  • Avaliar resultados;
  • Dentre outros.

Quais relatórios podem ser analisados na contabilidade analítica?

Como citei anteriormente, a contabilidade analítica pode ser moldada de acordo com as necessidades de seus clientes. Ou seja, se ele deseja entender melhor como e onde estão sendo empregados seus recursos, você pode focar em analisar o relatório de fluxo de caixa, por exemplo. 

Além disso, existem diversos outros relatórios que podem ser analisados na contabilidade analítica, como:

  • Balanço Patrimonial (BP);
  • Demonstração do Resultado do Exercício (DRE);
  • Demonstração de Lucros ou Prejuízos Acumulados (DLPA);
  • Relatório das Origens e Aplicações de Recurso (DOAR) — esse somente para Sociedades Anônimas.
  • Demonstrativo do Valor Adicionado (DVA);
  • Relatórios gerenciais de estoque;
  • Demonstrativo de vendas.

Por que adicionar a contabilidade analítica ao seu portfólio?

A contabilidade analítica não serve apenas para ajudar seu cliente a ter na ponta da língua os detalhes e números da empresa, ela é, também, uma forma importante de acompanhar a evolução desse negócio de forma mais clara e transparente. Sempre baseada em dados e informações concretas. Afinal, você usará relatórios reais para fazer essa análise e repassar aos seus clientes. 

Além disso, para que seu cliente enxergue o futuro da empresa dele, faça planos de expansão e se mantenha saudável e competitivo no mercado, é fundamental que ele compreenda como e onde são empregados seus recursos e elimine aqueles valores fantasmas que, sem perceber, ele acaba gastando por conta de processos pouco eficientes.  Ainda, com o passar dos anos, você poderá, junto ao cliente, comparar esses números e, a partir deles, ter um diagnóstico preciso da evolução patrimonial, financeira e contábil da empresa dele. 

Tudo isso, funcionará como um trabalho consultivo que você poderá oferecer aos seus clientes, sendo uma fonte de renda nova para o seu escritório 

Ou seja, apostar na contabilidade analítica, ajudará você a reter seus clientes, melhorar a comunicação com eles, mostrar o valor do seu trabalho e tornar o seu escritório mais competitivo em meio a um mercado que só cresce. 

Pronto para começar?

Como vimos, a contabilidade analítica é um serviço que pode ajudar seus clientes, fornecendo a eles informações fundamentais para gerir um negócio de maneira eficiente, e o seu escritório, fidelizando sua carteira e tornando seu negócio mais competitivo. 

Por isso, espero que esse artigo tenha oferecido a você os insumos necessários para adicionar mais esse serviço ao portfólio do seu escritório

Até o próximo conteúdo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *