Quando pensamos no futuro da contabilidade, é fundamental estar atento às tendências tecnológicas desse mercado. Com a crescente utilização de softwares, a modernização dos processos contábeis, antes extremamente manuais e burocráticos, foi inevitável. Junto a isso, também veio um movimento grande referente a captura e uso constante de dados.

Entretanto, a grande questão é saber como fica o contador nesse cenário. Bem, ele precisará se adaptar a todas essas mudanças, se atualizando e ampliando sua área de atuação, com uma visão mais abrangente do mercado. Caso contrário, abrirá espaço para a concorrência

Para te ajudar nessa jornada, eu compilei neste artigo algumas tendências e ações, para que você possa se antecipar e deixar seu escritório preparado para essa revolução.

Vamos lá?

Qual a perspectiva para o futuro da contabilidade?

É fato que o mercado contábil tem passado por mudanças disruptivas, tem quebrado paradigmas e mudado a forma de fazer negócio. Hoje, os serviços tradicionais da contabilidade, ainda são oferecidos, porém eles não podem ser mais o carro chefe de um escritório. Há uma grande demanda de empresas que buscam mais do que cálculos, elas procuram um verdadeiro parceiro estratégico que possa fornecer insights valiosos e necessários para o crescimento de seus negócios. 

Uma das principais disrupções vivenciadas pela contabilidade aconteceu a décadas atrás com o início da informática.  Nesse período muitos escritórios enfrentaram desafios por evitarem a tecnologia. Outra ocorreu nos anos 2000, quando começaram a surgir os primeiros softwares contábeis, facilitando a execução de processos. 

Agora, as tendências tecnológicas são diferentes e muito mais amplas. Na verdade, elas exigem uma verdadeira mudança de mentalidade. Dessa forma, é preciso alterar a cultura organizacional do escritório, o modo de trabalho e o modelo de negócio. Essa transformação prevê o uso de recursos tecnológicos para entregar serviços de alto valor agregado. E essa também é a melhor maneira de evitar o cenário caótico da tecnologia, que prevê que um em cada três postos de trabalho será substituído por um software, ou no caso do mercado contábil, um robô contador. Inclusive, no levantamento feito pela Ernst & Young, a parte contábil que se refere a obrigações fiscais está em vias de substituição, por conta de ser extremamente operacional.

No entanto, o estudo destaca que: “aos contadores caberá a função de extrair, com o Big Data. Os dados mais relevantes e fidedignos em conformidade com as necessidades de cada negócio. Sua contribuição será, portanto, a de sempre conferir inteligência, relevância e transparência para o bom funcionamento das empresas, governos e entidades do Terceiro Setor”.

Portanto, fica claro que as perspectivas para o futuro da contabilidade têm tudo a ver com a inovação. A disrupção e as novas tecnologias, assim como a abrangência de mercado.  


Como se preparar para o futuro da contabilidade

A perspectiva sobre o futuro da contabilidade nos mostra que é preciso estar atento a diversas tendências. 

Dessa forma, para que você possa se preparar, eu separei em tópicos, 4  das principais tendências que você pode antecipar e deixar seu escritório pronto para o futuro!.

Vamos conhecê-las?

1. Novos serviços

Contabilidade Gerencial

Essa área tem se destacado por unir técnicas e procedimentos contábeis capazes de fornecer dados fundamentais para a tomada de decisão de uma empresa. A contabilidade gerencial é muito utilizada para criar o modelo de tributação adotado por um empresário. Ela é ideal principalmente, para empresas que contam com uma gestão focada em modernidade e agilidade.

 

Auditoria Contábil

Alguns contadores ainda torcem o nariz quando o assunto é auditoria, mas, sem dúvidas, essa é uma das tendências para o futuro da contabilidade.

O trabalho de um auditor abrange a avaliação de documentos e relatórios que podem indicar a real saúde de uma empresa e ajudar o profissional contábil a indicar os caminhos para resolver eventuais irregularidades. Ou seja, um serviço que, além de ser uma tendência, gera valor ao trabalho do contador e fideliza o cliente


Ensino

Outra tendência e alternativa interessante para os contadores é disponibilizar seus conhecimentos aos interessados em seguir carreira neste mercado ou empreendedores que desejam entender melhor como a contabilidade funciona.

Com a internet é possível desenvolver cursos, mentorias e webinars voltados a educar um público grande de pessoas. Inclusive eu ensinei aqui no blog como fazer um webinar, então se você tem interesse em realizar um, pode ler este artigo: Webinar – O que é e como utilizar essa estratégia para atrair clientes.

Existem muitos profissionais, iniciantes ou não, que desejam adquirir uma bagagem maior e hoje, cursos ministrados por contadores experientes, ganham destaque.


Contador consultor

O trabalho do contador consultor é, de longe, um dos mais procurados. Afinal, com um serviço consultivo o empreendedor pode tomar decisões mais assertivas, pautadas em dados reais, além de contar com a parceria e aconselhamento de um contador, sempre que precisar. 

Vale ressaltar que, os serviços de consultoria costumam proporcionar um excelente honorário


Contabilidade Ecológica

É provável que você nunca tenha ouvido falar desse segmento do setor contábil. Nessa área, o profissional deve colaborar para as organizações darem respostas corretas sobre os investimentos relativos ao meio ambiente.

Os contadores também devem ajudar as empresas a informarem as obrigações fiscais que envolvem as iniciativas de responsabilidade social. Para o fortalecimento da imagem de uma organização, é indispensável o gerenciamento das finanças, dos pagamentos de tributos e do patrimônio.

Esse fator faz com que os profissionais de contabilidade sejam cada vez mais requisitados. Afinal, a transparência tem grande impacto na visão do público-alvo sobre uma instituição e ajuda a melhorar a relação com os fornecedores.


2. Criptomoedas

futuro da contabilidade

Bitcoin

As criptomoedas já foram associadas, erroneamente, a fraudes fiscais, porém, hoje elas representam a verdadeira reinvenção do sistema financeiro mundial. 

A pioneira no mercado foi a Bitcoin, que surgiu em 2009, como uma alternativa ao dinheiro convencional, focada em reduzir o poder dos governos e prejudicar a existência das instituições financeiras tradicionais. A Bitcoin utiliza um sistema de registro de transações em rede de dados, conhecido como blockchain, que permite a compra e venda dessa moeda, utilizando meios digitais à margem de qualquer validação ou verificação das autoridades monetárias. Depois dela, apareceram outras no mercado, como a Litecoin.

Hoje, passados quase 10 anos dessa criação, a utilização legal desse tipo de moeda e seu crescimento exponencial já conta com quase 400 milhões de operações efetuadas no planeta. Mesmo assim, os bancos centrais ainda não sabem ao certo como trata-lá. 

Dessa forma, se os governos ainda não sabem o que fazer, os contadores deverão saber como registrar a variação de patrimônio por criptomoedas nos balanços de pessoas físicas e jurídicas. Afinal, esse tipo de transação tem se tornado cada vez mais comum e é natural que isso venha a atingir, mais cedo ou mais tarde, seus clientes. Assim como aconteceu com as carteiras digitais. Ou seja, o contador que tiver conhecimento nesse tipo de transação, sem dúvidas, sairá na frente.


Blockchain

O blockchain não é uma criptomoeda, mas é quem dá suporte a ela, por isso, adicionei ao mesmo tópico. 

É possível comparar o blockchain como um livro de registros ou o conhecido livro razão, mas em formato digital. Ele foi criado, originalmente, para assegurar transações financeiras sem a participação de uma autoridade central, o que abriu portas para que fosse redesenhada a forma de pensar a escrituração contábil. 

Dessa forma, sairiam as contas manuais e os ajustes do “ativo/passivo” para dar lugar a saídas de transações compartilhadas, preenchidas eletronicamente e em tempo real. Impossibilitando assim a modificação de patrimônio, afinal, uma vez registrada, uma operação jamais pode ser modificada no blockchain.

Com a possibilidade de fazer contabilidade “real time”, reduzir as chances de erros e adulterações, além de automatizar parte do processo de auditoria, o blockchain se mostra promissor como uma grande ferramenta do futuro da contabilidade.


3. Soft Skills

futuro da contabilidade

Inteligência emocional

As transformações que a contabilidade vem enfrentando, são grandes e é preciso ser um contador sábio e resiliente para enfrentá-las de frente. Neste contexto, desenvolver o seu potencial humano, e das pessoas que estão ao seu lado, é o que te ajudará a lidar com os desafios e mudanças do mercado.

Por isso, a inteligência emocional é importante, será ela que irá te preparar para gerenciar e compreender as suas emoções e a de seus clientes também.  Além disso, te ajudará a desenvolver outros recursos emocionais importantes para lidar com essas transformações e cobranças, como autocontrole e empatia. 

Comunicação eficaz

Comunicar-se de forma eficaz vai além de falar o mesmo idioma. Ela inclui a capacidade de transmitir e interpretar ideias, tornando possível a compreensão por outras pessoas. Ou seja, é a habilidade de se fazer entender de forma clara e transparente.

Sabendo que o futuro da contabilidade poderá trazer novos perfis de clientes para o seu escritório, saber se comunicar de forma eficaz é ainda mais importante. Afinal, com ela será possível se comunicar com qualquer tipo de cliente e alcançar objetivos como persuasão e influência. 

Uma boa comunicação inclui também saber ouvir atentamente, se expressar de maneira correta, se portar adequadamente em diferentes situações e entender o que está sendo dito. 


Ética

Essa é uma soft skill difícil de ser ensinada, pessoas éticas, não aprendem essa capacidade como se aprende uma nova especialização. Essa é uma habilidade que se desenvolve ao longo da vida, com suas experiências, vivências e exemplos. E tende a ser uma habilidade cada vez mais procurada e no futuro, algo que não irá mudar, afinal, quando falamos em contabilidade, ética é requisito fundamental. 

A ética é um aprendizado da vida e engloba tanto a postura em relação à pontualidade quanto a responsabilidade com o trabalho e a empresa, de modo geral. Ou seja, trata-se de um conjunto de valores que aparecem no dia a dia do trabalho, em pequenas ações, como assumir responsabilidades.


4. Tecnologias

futuro da contabilidade

Chatbots para atendimento ao cliente

Sabe quando você entra em um site e abre um chat perguntando se você precisa de ajuda? Isso é um chatbot. Indo mais a fundo, ele é um software capaz de manter uma conversa com um usuário humano em linguagem natural, por meio de aplicativos de mensagens, como: Facebook, WhatsApp e telegram. E, como citei, pode ser adicionado também em sites, e outras plataformas digitais.

É possível utilizar chatbots (com capacidade de aprendizado contínuo) para fazer um primeiro atendimento aos clientes ou, até mesmo, oferecer serviços de consultoria a empresas (como definição de enquadramento, planejamento tributário, BPO e etc.). Isso é possível graças a um dos pilares da inteligência artificial: a machine learning.

A Machine learning (aprendizado de máquina) utiliza algoritmos para agregar, cruzar e processar dados com o intuito de reconhecer alguns padrões e permitir que softwares aprendam com esses modelos gerados. Esse fluxo de aprendizado permanente é ilimitado, o que significa ter máquinas cada vez mais autônomas e inteligentes. 

Ou seja, com essa tecnologia é possível ter o atendimento do seu site, por exemplo, funcionando 24 horas por dia, abrindo novas oportunidades para o seu escritório, sendo também, um grande diferencial competitivo.

Integração contábil 

Uma das principais tendências para o futuro da contabilidade é, ainda, a integração contábil.

A integração contábil é o passo fundamental para qualquer escritório, ter a possibilidade de captar os lançamentos já conciliados do ERP do cliente e importá-los diretamente para o seu sistema contábil, facilita demais o dia a dia de um escritório. Com ele, você pode eliminar atividades manuais e demoradas, como recebimento, conferência e organização de documentos. 

 A assertividade na conciliação contábil também é outro benefício da integração. E não é só por uma questão de ganhar tempo, exportar as informações financeiras exatamente como estão no ERP do cliente garante a segurança de trabalhar com dados corretos. Pois os lançamentos já vêm para o sistema contábil classificados adequadamente. 

Importar essa movimentação ajuda a dar mais precisão nas rotinas de conciliação contábil e na apuração de impostos,  além de evitar erros humanos que poderiam acontecer durante a digitação. 


Armazenamento em nuvem

O armazenamento em nuvem facilita o acesso às informações porque disponibiliza algo que posso chamar de servidor virtual. Na prática, os arquivos, documentos e pastas digitalizados são transferidos ou salvos diretamente neste ambiente online e protegidos por mecanismos de segurança, como criptografia, backup e replicação de dados.

E quando necessário, os arquivos se tornam acessíveis a partir de qualquer dispositivo com internet e você ainda tem a possibilidade de autenticar os documentos de forma eletrônica. Entre eles estão: balanços, livros diários, Notas Fiscais Eletrônicas (NF-e), Documentos Auxiliares de Nota Fiscal (Danfes) e outras obrigações.

Com essa tecnologia, a rotina se torna mais ágil, assim como o acesso é facilitado para os seus clientes também. Para o escritório é a oportunidade de lançar dados a partir de diferentes aplicativos, sem correr o risco de as informações ficarem desatualizadas. Além disso, quando somado a um software de gestão, esse armazenamento tem seus benefícios  potencializados. 

Por isso, sem dúvidas, o armazenamento em nuvem é um ponto-chave para o futuro da contabilidade.


Software de gestão contábil

Como última ação para preparar o seu escritório para o futuro, ter um software de gestão contábil é essencial.

Um software de gestão contábil, como o Gestta por exemplo, não só elimina desperdícios no seu escritório, como aumenta a produtividade, centraliza as informações, armazena seus documentos em nuvem e coloca você no controle. Isso porque o Gestta conta com dashboards e relatórios intuitivos que te colocam a par de tudo o que acontece no dia a dia do seu escritório. 

Além disso, o Gestta conta com funcionalidades como:

Ou seja, o Gestta é um software de gestão contábil completo e moderno, que disponibiliza ao seu escritório, diversas funcionalidades, essenciais, para o agora e para o futuro da contabilidade


O futuro da contabilidade está mais perto do que imaginamos 

A palavra “futuro” pode até nos remeter a algo distante. Mas, como disse ao longo desse conteúdo, as coisas têm mudado com rapidez no mercado contábil e você deve começar a se preparar o quanto antes. Por isso, espero que as dicas que eu trouxe neste artigo possam ajudá-lo nesta jornada.

Como dica, sugiro começar com o software de gestão contábil, assim, você coloca em ordem a rotina do seu escritório e ganha tempo para se dedicar às demais ações. E se o Gestta for a sua opção, você pode dar o ponto pé inicial clicando no botão abaixo e agendando uma apresentação, online e sem compromisso, com um de nossos especialistas.

Me conta, seu escritório já começou a se preparar para o futuro da contabilidade? Deixe aqui nos comentários quais ações você tem feito!