Liderança Humanizada – Conheças as características, vantagens e saiba como aplicá-la em seu escritório

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Por muito tempo, a gestão focada no lucro e nos resultados sustentaram o mundo corporativo. No entanto, essa ideia, aos poucos, está ficando para trás e começa a dar espaço a uma profunda mudança de paradigma dentro das organizações. A aposta se direciona cada vez mais para a força das pessoas. É daí que vem o conceito de liderança humanizada, que tem, como objetivo principal, a criação de um ambiente de trabalho agradável e motivador, colocando o capital humano no centro, sem perder o foco da empresa. 

Adotar a liderança humanizada requer novos hábitos e até mesmo uma mudança de clima e cultura organizacional. Para isso, é preciso que a gestão desenvolva algumas habilidades, características e um modelo de trabalho voltado para o relacionamento, interação e bem-estar de seus colaboradores, com foco no aumento da produtividade e, consequentemente, da receita de seu negócio. 

Por isso, neste artigo, iremos nos aprofundar mais no conceito da liderança humanizada, entendendo o seu significado, conhecendo suas vantagens e aprendendo como aplica-la na gestão do seu escritório. 

Vamos lá?

O que é liderança humanizada?

O conceito de liderança humanizada pode ser explicado de forma bem simples: é aquele tipo de liderança na qual o gestor influencia e pauta suas ações sobre o seu time de maneira empática e solidária. Ou seja, nesse modelo de gestão, sai de cena o  “chefe”autoritário e microgerenciador, que deixa de lado as emoções e o bem-estar do seu time, dando espaço ao líder que direciona, cuida e delega. 

Por conta disso, para que o conceito de liderança humanizada seja desenvolvido e aplicado em uma empresa, é necessário colocar em prática seus 4 pilares:

  • Comunicação eficiente entre líderes e liderados;
  • Foco nas necessidades dos colaboradores;
  • Integração entre os times;
  • Exclusão da microgestão.

Quais as características da liderança humanizada

Quando se fala em liderança humanizada, muitos ainda pensam, talvez por falta de conhecimento, que o termo seria um sinônimo para aquele gestor “bonzinho”, o que não é verdade. Afinal, na prática, esse tipo de liderança passiva não é benéfica nem para os colaboradores, nem para a o escritório.

Na verdade, a liderança humanizada pode ser considerada uma soft skill. Isso porque, ela exige o desenvolvimento de várias características específicas para que um gestor possa aplicá-la e usufruir de suas vantagens. 

Veja algumas delas: 

  • Empatia;
  • Escuta ativa;
  • Comunicação assertiva;
  • Sabe lidar com diferentes perfis de pessoas;
  • Reconhece e valoriza o time e os bons desempenhos;
  • Lidera pelo exemplo;
  • Inspira e influencia pessoas.

Liderança não humanizada x liderança humanizada

Agora que você já sabe o que caracteriza um líder humanizado, deve estar se perguntando quais características poderiam representar o oposto, certo? Bom, para começar, um líder não humanizado enxerga seu time de cima para baixo, de maneira bem engessada. 

Com isso, o envolvimento entre as partes fica restrito ao momento de delegar tarefas, sem muita liberdade para os colaboradores participarem do processo de construção com o líder, o que pode afetar muito o dia a dia do colaborador. A produtividade, por exemplo, pode cair junto com o seu interesse em suas tarefas diárias. 

Essa cadeia pode levar ao aumento de rotatividade e à queda da qualidade de trabalho.

Portanto, posso dizer que o que caracteriza um líder não humanizado são 3 fatores: 

  • Deixa de lado o desenvolvimento pessoal do seu time;
  • Não joga junto com seu time, somente dita as regras;
  • Não dá flexibilidade e liberdade aos colaboradores.

Como aplicar a liderança humanizada em seu escritório

A liderança humanizada não exige grandes feitos ou investimentos, pelo contrário, depende apenas de pequenas atitudes diárias e contínuas em seu comportamento como líder. 

Por isso, abaixo eu listei 5 mudanças que você pode aplicar em seu escritório para começar a exercer a liderança humanizada. 

Veja: 

  • Conheça seu conjunto de stakeholders, suas necessidades, dificuldades e interesses para entender a melhor forma de abordá-los;
  • Crie um ambiente de trabalho saudável e produtivo para todos;
  • Proponha momentos de integração no dia a dia para estimular a inclusão e fazer com que todos se sintam confortáveis para serem quem são, além de propiciar acolhimento dentro de um ambiente plural, diversificado e respeitoso;
  • Ofereça benefícios atrativos e flexíveis aos colaboradores;
  • Estimule o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional;
  • Participe dos projetos e das demandas junto com a equipe, não apenas demandando tarefas;
  • Permita que seus colaboradores façam a autogestão de suas rotinas e tarefas;
  • Seja flexível e dê liberdade aos colaboradores, demonstrando confiança no trabalho de cada um;
  • Crie uma cultura de feedback 360°;
  • Adeque seus processos com base no perfil de seus colaboradores;
  • Celebre e premie as vitórias de seus colaboradores;
  • Seja disponível, disposto e presente;
  • Aplique periodicamente pesquisas de satisfação e felicidade organizacional;
  • Desenvolva uma liderança horizontal.

Quais as vantagens da liderança humanizada

Apesar de extensa, colocar as mudanças exigidas pela liderança humanizada em prática, pode trazer centenas de vantagens ao seu escritório. 

Entre elas, posso destacar as principais, como:

  • Aumento da produtividade: Boas condições de trabalho fazem as equipes trabalharem mais satisfeitas e engajadas, o que, consequentemente, eleva a produtividade.
  • Melhora do clima organizacional: Afinal, um time satisfeito e feliz, resulta em um ambiente saudável e um bom clima organizacional.
  • Aumenta a lucratividade: Com time repleto de talentos trabalhando de forma produtiva e engajada, o aumento da lucratividade será perceptivel com clareza. 
  • Atrai  investidores: Os escritórios que priorizam o bem estar dos profissionais seguem um dos protocolos do conceito ESG (Environmental, Social and Governance). Esse conceito é utilizado pelos investidores do mercado financeiro para avaliar o valuation de uma empresa. 

Pronto para investir na liderança humanizada?

Neste artigo, você aprendeu que a liderança humanizada visa a melhoria do ambiente de trabalho e o aumento da produtividade da equipe. Por isso, aplicá-la pode ser uma decisão altamente assertiva. Afinal, todo mundo sai ganhando: os colaboradores, que terão acesso a um ambiente mais acolhedor e menos estressante, e a empresa, cujos dados indicarão o aumento da produtividade e engajamento dos times se convertendo em crescimento e lucratividade. Além de todas as outras vantagens que eu mencionei ao longo deste artigo.

Então, bora mudar de atitude e adotar a liderança humanizada como o modelo de gestão do seu escritório? Conto com isso!

Até o próximo conteúdo! 

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *