contabilidade-gerencial

Dentro de um contexto geral, a figura do contador vem sofrendo algumas alterações no decorrer do tempo, destacando-se cada vez mais por sua relevância e importância junto às empresas. Nesse campo, muito se ouve falar sobre contabilidade gerencial, mas afinal, o que é? Qual a sua importância? Confira tudo sobre contabilidade gerencial nesse artigo!

Contabilidade Gerencial versus Contabilidade Financeira

 

A contabilidade gerencial normalmente é confundida com contabilidade financeira, mas na prática são modalidades bem diferentes. A contabilidade gerencial pode ser considerada como uma espécie de sistema de informação destinado a auxiliar no processo de tomada de decisões, ou seja, um funil sequencial que auxilia à tomada de decisão dentro do escritório contábil.

Relatórios de contabilidade gerencial podem incluir relatos detalhados dos recursos financeiros disponíveis, receita de vendas, estado atual das contas, etc.

As informações trazidas pela contabilidade gerencial são muito diferentes daquelas trazidas pela contabilidade financeira, primeiramente porque os relatórios da contabilidade financeira se baseiam em dados históricos.

Já os relatórios da contabilidade gerencial são voltados para o futuro, normalmente, são relatórios confidenciais e de uso exclusivo interno, ao contrário de demonstrações financeiras que podem ser divulgadas publicamente.

Afinal, o que é contabilidade gerencial?

 

A contabilidade gerencial pode ser considerada uma ferramenta estratégica que, com base em relatórios, auxilia os gestores a tomarem decisões importantes. Esses relatórios são calculados com base nas necessidades de informação da gestão.

Como a contabilidade gerencial é direcionada ao uso interno, também é possível comparar o seu escritório contábil com os demais e utilizar dados de mercado para compreender o contexto em que o seu escritório está inserido, utilizando-se de previsões e tendências para ajudar a projetar o futuro das atividades do seu escritório contábil, considerando um contexto geral.

Pensando em gestão, a contabilidade gerencial se mostra como uma das formas de ajudar a driblar a crise, considerando que seus relatórios apresentam alternativas em relação aos custos e aos desafios apresentados por cada escritório contábil, bem como possibilidades e alternativas para otimização de operações, atividades recorrentes de departamentos, etc.

A contabilidade gerencial passou a ter a atenção dos profissionais contábeis quando surgiu a necessidade de tratar custos de diferentes formas para ajudar na tomada de decisão, pois em suma, a contabilidade gerencial tem como objetivo reduzir custos e aumentar o lucro, ou seja, o sonho de qualquer gestor contábil! A contabilidade gerencial possui alguns pontos de maior atenção, sendo eles:

  • Planejamento;
  • Controle;
  • Avaliação;
  • Tomada de decisões.

Esse modelo de estratégia gerencial tem alcançado resultados pelo seu padrão consistente, que em suma, prevê cada passo da gestão contábil para minimizar erros, e assim, diminuir custos e aumentar a lucratividade. Esse modelo da contabilidade gerencial baseia-se em diversas áreas do conhecimento, sendo essas:

  • Contabilidade geral;
  • Custos;
  • Administração;
  • Planejamento Estratégico;
  • Estrutura organizacional;
  • Microeconomia;
  • Inovação;
  • Tecnologia.

A contabilidade gerencial, para ser utilizada como instrumento no processo de tomada de decisões, necessita de integração com os demais departamentos para garantir relatórios completos e com uma visão geral, e ao mesmo tempo, individual de cada departamento, logo, está diretamente ligada com o fornecimento de informações para os administradores do escritório contábil.

O processo de tomada de decisões termina com a escolha da melhor ação a ser implementada. Para alcançar essa fase do planejamento é necessário que o planejamento do processo passe por todas as fases descritas acima, que haja um processo eficaz de validação das informações e uma estrutura de organização de prioridades, baseado no objetivo final do seu escritório contábil e em harmonia com a realidade do cenário atual.

Benefícios da contabilidade gerencial

 

A contabilidade gerencial vem conquistando cada vez mais destaque por sua eficácia comprovada, tem se mostrado mais que uma estratégia benéfica, e sim, uma estratégia necessária. Confira alguns dos principais benefícios da implantação da contabilidade gerencial no seu escritório contábil:

  • Aumento na eficiência de todas as funções de gestão;
  • Auxílio na fixação de um objetivo em comum;
  • Facilitação na tomada de decisão;
  • Previsão financeira mais assertiva;
  • Auxílio no controle de gastos e desperdícios;
  • Comunicação completa em todos os níveis de gestão;
  • Controle de custos de produção;
  • Aumento no percentual de lucro.

Lembrando que para auxiliar uma boa gestão contábil, é indispensável que o seu escritório possua uma ferramenta de gestão de tarefas para complementar a estratégia da contabilidade gerencial.

Afinal, uma ferramenta completa de gestão de tarefas contábeis possibilita uma visão estratégia e hierárquica das atividades do seu escritório, bem como a delegação e andamento dessas tarefas, evitando multas (desperdícios), atrasos (perda de clientes, e consequentemente, de verba).

Além, é claro, de auxiliar a gestão a manter-se em harmonia com a produção da equipe. Se o seu escritório contábil valoriza a gestão, bem como a contabilidade gerencial, e você percebe a importância das atividades descritas acima, você precisa conhecer o Projeto Gestta! Clique aqui e obtenha o contato de um especialista em gestão de tarefas contábeis.