Inteligência Empresarial – Entenda os detalhes dessa estratégia e aprenda a colocá-la em prática

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Inteligência Empresarial é um conceito que influencia no planejamento e nas decisões de uma empresa. Dessa forma, quando um escritório aplica essa estratégia, se torna capaz de extrair e utilizar informações que podem qualificar o nível do seu gerenciamento. 

O grande objetivo da inteligência empresarial é incentivar o seu negócio a inovar e melhorar seus serviços, a partir da análise de dados relevantes, diminuindo as chances de riscos e decisões equivocadas.

Para ajudá-lo a entender os detalhes envolvidos relacionados a esta prática, neste conteúdo, irei falar sobre a importância da inteligência empresarial e como aplicá-la ao dia a dia do seu negócio!

Vamos lá?

O que é inteligência empresarial?

A inteligência empresarial é um processo de obtenção, seleção e análise das principais informações relativas às tendências, características e desafios do mercado no qual a sua empresa está inserida. Essa estratégia procura estudar esse mercado e coletar o maior número de dados capaz de subsidiar o planejamento estratégico e a tomada de decisão do negócio. 

Qual a sua importância da inteligência empresarial? 

Segundo o IBGE, o Brasil perde mais de 1 milhão de empresas por ano e, muitas dessas empresas não resistem devido à falta de planejamento e estrutura. Isso porque, existem empresários que ainda gerenciam seus negócios de forma amadora e despreparada, sem realizar estudos de mercado, da concorrência e das predileções do público consumidor, e isso impacta diretamente na sobrevivência do negócio. Afinal, para que uma empresa tenha êxito é imprescindível que haja estratégia.

É aí que a inteligência empresarial mostra o seu valor, usando dados e informações precisas para definir estratégias organizacionais e antecipar riscos.

Dados que podem ser úteis, por exemplo, na tomada de decisão de expandir os serviços com base nas preferências dos consumidores, investir em determinado segmento, aumentar os investimentos em marketing, entre outras ações.

Quais as vantagens da inteligência empresarial?

Como toda iniciativa de aperfeiçoamento, a inteligência empresarial pode resultar em grandes vantagens para o seu escritório. 

Abaixo eu elenquei as principais: 

Vantagem competitiva

Com o trabalho de inteligência empresarial, seu escritório terá acesso a informações relevantes sobre o mercado e sobre si mesmo, tornando possível identificar as reais necessidades e prioridades do negócio. 

O resultado disso é uma empresa consciente de suas carências e bem preparada para enfrentar os riscos do mercado e, consequentemente, mais competitiva.

Diagnóstico realista sobre o negócio

Além de conseguir identificar suas características, com a inteligência empresarial é possível analisar a posição do seu escritório dentro do mercado.

Ou seja, essa estratégia é capaz de entender a situação real do negócio, medindo o quanto os resultados foram consistentes com o planejado.

Redução de riscos

O conhecimento é fundamental no mundo empresarial e, com base em dados, seu escritório tende a trabalhar melhor as ações, tomando decisões mais seguras e efetivas.

Isso acontece porque, as informações permitem a comparação de resultados anteriores, tanto da empresa quanto de concorrentes, diminuindo os riscos de prejuízos a cada nova iniciativa.

Passo a passo para colocar a inteligência empresarial em prática

Tomar consciência dessa importância é fundamental para qualquer empresa, mas o maior desafio é fazer a inteligência empresarial funcionar no dia a dia. 

Por isso, abaixo eu mostro algumas ações que podem ajudá-lo

1- Desenvolva uma cultura de dados

É comum que suas decisões sejam tomadas com base na intuição, na experiência ou de acordo com o que você acredita, devido ao seu tempo de mercado. E claro que isso tem seu valor, mas essa abordagem pode colocar sua empresa em muitas situações de risco. 

Isso porque, erros costumam acontecer quando se passa a desconsiderar as variáveis que podem influenciar o resultado esperado. Por isso, é importante praticar e fomentar em seu escritório a cultura do uso de dados como parâmetro de decisões. Essa atitude reduz a possibilidade de erros e torna a sua rotina menos vulnerável. 

2- Cuide dos processos

Para se ter uma boa base de dados, é fundamental desenhar os processos internos a fim de garantir um padrão. Por exemplo, considere a quantidade de informação disponível no balanço do seu próprio escritório. Rupturas, desperdícios e desvios, quando não adequadamente registrados, podem gerar sérios erros de interpretação.

Portanto, ter processos definidos permite que sua operação se concentre nas análises e diminua o foco nas tarefas operacionais, resultando em um melhor aproveitamento da inteligência empresarial

3- Automatize o fluxo de informações

A inteligência empresarial não depende diretamente de soluções tecnológicas. Porém, é inegável o quanto essas ferramentas inteligentes fazem toda diferença na produtividade, coleta e administração dos dados de uma empresa.

Por isso, é fundamental o uso de soluções como um software de gestão contábil para extração e armazenamento seguro de informações, centralização das operações e integração de setores. Isso permitirá a você coletar dados completos e precisos sobre a verdadeira situação de sua empresa. 

4- Acompanhe sistematicamente as métricas 

Relatórios com métricas e indicadores de desempenho são a porta de entrada para a inteligência empresarial. Com base nessas informações é possível implementar medidas, muitas vezes simples, para melhorar o desempenho do negócio como um todo, facilitando a organização dos processos e o monitoramento operacional.

Sem um controle efetivo e eficiente das tarefas do dia a dia, fica muito difícil mudar o foco para as questões estratégicas do negócio.

5- Saiba interpretar os dados

Não adianta prezar por uma gestão analítica e investir em tecnologia, se as informações extraídas não forem utilizadas da maneira correta.

Os dados devem ser o norte para facilitar as ações do gestor em assuntos como, investimentos, mudanças de equipe, treinamentos, entre outros. Se a análise não for levada a sério, todo trabalho anterior passa a ser em vão.

 

Pronto para colocar a inteligência empresarial em prática?

Acredito que esse conteúdo tenha ajudado você a entender melhor o conceito e a importância da inteligência empresarial. Afinal, quanto mais bem preparada e munida de dados, maiores são as chances de sucesso contínuo do seu negócio. 

Por isso, espero que você analise as informações e dicas apresentadas neste artigo e comece a fomentar a inteligência empresarial em seu escritório hoje!

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *