Onboarding de novos colaboradores – 6 dicas para colocar essa estratégia em prática de forma eficiente em seu escritório

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

O termo onboarding vem do inglês e significa “embarcar”. No meio empresarial ele é usado para se referir aos procedimentos e ações realizados para receber, ambientar e treinar profissionais recém-chegados na empresa. Afinal, não basta ter um bom processo de recrutamento e seleção, é importante receber bem um novo talento, para que ele possa engajar com a empresa e se integrar aos demais colaboradores. Dessa forma, quando existem falhas no processo de onboarding de novos colaboradores, tanto o colaborador como a empresa saem perdendo. Isso porque, um colaborador deslocado produz menos, uma situação que pode afetar o desempenho da companhia. Inclusive, você certamente já deve ter ouvido falar de pessoas que desistiram de um emprego na primeira semana por não serem bem recebidas. Acontecimentos como esse são preocupantes e demonstram uma ineficiência no processo. Por isso, neste artigo, eu reuni tudo que é preciso saber sobre como fazer um onboarding de novos colaboradores de forma eficiente  e sem falhas!

Preparado? Então vamos lá!

6 Dicas para arrasar no processo de onboarding de novos colaboradores em seu escritório

Estamos em um momento no mercado de trabalho em que não são apenas as empresas que escolhem seus colaboradores, eles também escolhem onde querem trabalhar. 

Portanto, organizar o onboarding de novos colaboradores é importante para manter bons índices de retenção, além de um excelente engajamento e desempenho, desde o início do ciclo de vida desse profissional. 

Por isso, abaixo eu mostro algumas dicas que podem ajudá-lo a criar o seu processo de onboarding.

1- Comece durante o recrutamento

Para o onboarding de novos colaboradores ser efetivo, a melhor tática é iniciá-lo já durante o recrutamento. 

Você pode fazer isso explicando com clareza, na divulgação da vaga, quais serão as responsabilidades do colaborador no departamento, qual a cultura organizacional e qual a história do seu escritório. 

Essa ação, além de fazer com que o colaborador já chegue alinhado às principais características da sua empresa contábil, funciona como um filtro, evitando atrair candidatos incompatíveis com o escritório. 

2- Passe as informações importantes antes

Uma nova contratação exige o preenchimento de muita papelada e isso é inevitável. Então, porque não facilitar? Para isso, encaminhe detalhes como: contrato; documentos necessários; salário; benefícios e período de experiência, antes do primeiro dia, por e-mail ou outros meios digitais

Você também pode enviar uma espécie de “manual do colaborador”, com tudo que ele precisa saber sobre sua empresa. Assim, ele não será bombardeado de informações quando chegar.

Resolvendo a burocracia com antecedência, você o deixa livre para realizar as demais atividades do onboarding de novos colaboradores com tranquilidade.

3- Prepare o checklist inicial

Outra ação importante para o onboarding de novos colaboradores é o checklist inicial. Ele precisa ser organizado dias antes do início do profissional no escritório e deve seguir alguns passos, como os que eu mostro na imagem aqui embaixo:

Veja que todos os itens contribuem para um primeiro dia mais assertivo, com cada ação bem organizada e definida. Isso melhora o uso do seu tempo, do tempo de sua equipe e otimiza o primeiro dia do colaborador no escritório. E isso tudo deixa uma primeira impressão muito positiva. 

4- Use os 4c’s como base para as demais atividades

Para ajudá-lo a tornar as demais atividades do processo de onboarding ainda mais organizadas, você pode seguir os princípios dos 4c’s. 

Veja como cada um deles funciona:

  • Clarificação: Diz respeito ao entendimento que o recém-chegado têm da função que irá desempenhar, servindo também para esclarecer e alinhar expectativas.
  • Cultura: É o momento de explicar sobre a cultura, valores, missão, visão e clima organizacional do escritório.
  • Conexão: Hora de apresentar o novo colaborador às equipes e garantir que ele seja integrado e engajado. Essa parte é essencial para que ele se sinta à vontade, relaxado, tranquilo e feliz. Quanto mais acolhedor for o ambiente, melhor ele se sentirá.

O primeiro dia não será fácil, nem para você e nem para os recém-chegados. Por isso, é fundamental evitar jogar informações desnecessárias neste momento. Afinal, ele provavelmente não se lembrará de tudo. 

Dessa forma, seguir os 4c’s ajudará você a apresentar somente o necessário de forma fácil e compreensível.

5- Aposte em treinamentos e não esqueça das metas

É importante oferecer treinamentos ao recém-chegado referentes aos sistemas e processos que seu escritório utiliza no dia a dia. Seja ele alguém novo no mercado ou um profissional com vasta experiência, é fundamental que ele entenda como os processos acontecem aí.

Por isso, disponibilize treinamentos e mentorias para que ele tenha total compreensão do que e como suas obrigações devem ser cumpridas. 

E, mesmo que você não cobre muitos resultados nos primeiros meses, é importante definir algumas metas. Ou seja, durante o período de experiência, o que ele precisa atingir de resultado? O que será considerado um bom desempenho nesse período?

Quando o recém-chegado sabe o que é esperado dele, fica mais fácil e mais claro saber se está ou não indo pelo caminho certo.

6- Peça e ofereça feedbacks

Depois de alguns dias de aclimatação, o novo colaborador, mesmo sem conhecer toda a cultura e processos da empresa, já formou uma opinião em relação ao escritório. Por isso, não hesite em pedir feedbacks durante o processo de onboarding de novos colaboradores.  

Deixe-o à vontade para falar sobre tudo, inclusive sobre experiências negativas. Esses momentos são ótimos para mostrar o seu lado da moeda também, alinhando alguns pontos novamente e verificando se vocês estão caminhando na mesma direção.

Pronto para receber seus novos colaboradores com um onboarding eficiente?

Neste conteúdo você viu que onboarding é o processo de integração de novos colaboradores que visa acolher, orientar, treinar, acompanhar e supervisionar os primeiros passos dos recém-chegados. Sendo uma peça-chave para uma boa estratégia de gestão de pessoas, além de vital para o sucesso de um novo funcionário ao longo do tempo e uma ótima solução contra o turnover em seu escritório. 

Por isso, espero que, em sua próxima contratação, você coloque as dicas desse artigo em prática e faça um onboarding de novos colaboradores de forma eficiente e assertiva!

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *