Startup Unicórnio – O que é e o que você pode aprender com esse modelo de gestão

Se sua empresa contábil ainda não investe em tecnologia, inovação e estratégias mais ousadas, eu vou compartilhar com você o modelo de gestão ideal para te inspirar nesta mudança: startup unicórnio. Não sabe do que se trata? Então vem comigo nessa tour que vou te explicar o que é esse conceito e como seu escritório pode aprender com ele para escalar e ganhar mercado.

O que é uma Startup Unicórnio?

Antes de responder a pergunta deste título, você sabe o que é uma Startup?

Caso sim, pule para o próximo tópico. Se não, eu vou resumir rapidinho só pra te contextualizar: Startups são empresas com uma ideia inovadora que começam com baixo capital e tem como grande diferencial uma cultura de gestão jovem e moderna. Por conta desses atributos, as startups têm potencial de crescimento rápido e exponencial.  Exemplos? O Uber, o DropBox e o Slack são alguns dos nomes mais conhecidos no modelo startup de negócio.

Ok! Explicado isso, fica mais fácil de você entender o que é uma Startup Unicórnio:

Uma Startup Unicórnio é aquela Startup que conseguiu ser avaliada em mais 1 bilhão de dólares antes mesmo de fazer um IPO. IPO é a sigla para Initial Public Offering (“Oferta pública inicial” em português). Ou seja, quando uma empresa faz um IPO, significa que ela abriu seu capital na bolsa de valores. Ou seja: uma Startup Unicórnio é uma Startup que conseguiu ser avaliada em mais 1 bilhão de dólares, antes mesmo de abrir seu capital na bolsa. 

O termo Startup Unicórnio foi mencionado pela primeira vez em 2013, no site Tech Crunch, pela investidora Aileen Lee, uma das maiores especialistas em Venture Capital no mundo. E sim, o nome faz alusão a um ser mitológico. Isso porque, ultrapassar o valuation de 1 bilhão de dólares tão rápido é realmente tão extraordinário quanto ver um unicórnio de verdade, você não acha? 

Na época que o termo Startup Unicórnio foi criado, apenas 39 startups foram enquadradas neste grupo. Hoje, porém, esse número é 7 vezes maior: 260 Startups são consideradas unicórnio em todo o mundo. Entre as mais valiosas no Brasil, podemos mencionar a 99, o Nubank, a Stone e a Movile (mantenedora do Ifood), por exemplo.

4 características  de uma startup unicórnio que você pode levar para dentro da sua empresa contábil 

Então, não foi por acaso que escolhi falar sobre startups unicórnio aqui no blog hoje. A verdade é que esse modelo tem muito a ensinar aos moldes tradicionais de negócio, inclusive a sua empresa contábil.

Como é aí no seu escritório? Você considera que a sua gestão contábil tem uma cultura moderna, jovem e inovadora? Ou será que o seu negócio se encaixa mais em um perfil conservador?

Vamos dar uma olhada nas principais características estratégicas das startups unicórnio e ver quais delas podem ser aplicadas aí na sua contabilidade:

1. Quem quer agradar a todos, não agrada ninguém

Se tem uma galera que segue essa recomendação do filósofo suíço Jean Jacques Rousseau são as startups unicórnio. Vou explicar: boa parte das startups que atingiram o status de unicórnio tem algo em comum: elas começaram com um público bem nichado e só depois expandiram.  Um bom exemplo disso no Brasil é a 99. No início de suas operações, a empresa era restrita apenas a taxistas. Somente depois de ganhar algum mercado e visibilidade, foi que eles abriram o produto para outros motoristas. Legal, né?

Mas como isso poderia se aplicar na sua empresa contábil? Bom, principalmente se o seu escritório é novo na área, talvez você pudesse definir alguns segmentos específicos para começar. Desta forma, você poderia se vender como um especialista. Por exemplo: especialista em contabilidade de supermercados, ou em contabilidade para empresas do segmento pet, ou talvez do segmento de beleza, que tal? Você escolhe! Ganhando espaço como especialista, seu escritório pode se consolidar e ganhar mais credibilidade para atuar de forma mais versátil futuramente. Ou continuar nichado, se isso estiver sendo rentável para você.

É como disse o CEO do Airbnb, Paul Graham: “É melhor oferecer um produto ou serviço que 100 pessoas amem, do que algo que milhões de pessoas apenas gostem”.

2. O objetivo da fase beta é continuar na fase beta

Sabe quando um projeto está em fase de testes e implantação de melhorias? Então, chamamos essa fase de “beta”. E quando a fase beta é concluída, dissemos que o projeto está finalizado, ou seja: que não precisa de mais alterações, certo? Não para uma startup unicórnio! Isso porque esse tipo de negócio tem como outra característica marcante, a prática de permanecer sempre em estágio beta. Em outras palavras: a gestão de uma startup unicórnio nunca se considera “concluída”. Ela está sempre fazendo testes e buscando inovação.

Se você quer se inspirar nesse modelo, aplicar essa cultura no seu escritório também pode ser uma boa dica! Pensando nisso, busque sempre formas diferentes de atender ao seu cliente. Implante inovações e facilidades que tornem sua produção mais ágil e o relacionamento com o seu cliente mais próximo, como um sistema de gestão, por exemplo.

3. Há espaço para todo mundo

O Lyft surgiu três anos após o Uber oferecendo um serviço similar. Você acha que isso foi problema? Acha que ninguém deu bola para a marca a nova? Achou errado! Desde sua fundação, a empresa estadunidense tem crescido mais rápido que o seu concorrente e já está avaliada em mais de US$ 10 bilhões. Então qual a lição aqui? Simples: não desista de inovar só porque seu concorrente já o fez primeiro. A concorrência é sim uma adversária no mercado, mas também pode ser uma inspiração para você evoluir cada vez mais.

O que os escritórios concorrentes ao seu estão oferecendo que você não está? Analise isso e corre implantar o que é tendência no seu negócio também! A inovação pode ser a mesma, mas você pode explorar de maneiras variadas e oferecer outro tipo de diferencial aos seus clientes. 

4. Não subestime o pequeno

Qual o porte dos clientes do seu escritório? Te pergunto porque vou dar uma dica bastante seguida pelas startups unicórnio: nunca menospreze os pequenos e médios clientes. 

Essa foi a tática da HubSpot, uma startup de automação de marketing. Indo na contramão de seus concorrentes, a marca decidiu focar em médios negócios. O resulto foi que, com essa abordagem, a companhia cresceu rapidamente e hoje está avaliada em mais de US$ 3 bilhões. Então, não subestime nem mesmo seus menores clientes e prospects. Várias empresas pequenas podem trazer uma alta renda para o seu escritório, então pense nisso.

Chegamos ao fim do nosso post de hoje! Esperamos que esse conteúdo sobre Startup Unicórnio tenha te inspirado a começar grandes inovações aí na sua empresa contábil! Aliás, sabe por onde você pode começar? Com a implantação de um sistema de gestão para administrar todas tarefas, prazos, funcionários, documentos e clientes do seu escritório em uma mesma plataforma! 

Clique e saiba como começar a revolução contábil na sua empresa agora mesmo:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Explore
Redes Sociais

© 2021 Gestta | Todos os direitos reservados