6 Tipos de avaliação de desempenho para você aplicar em seu escritório contábil e mensurar a performance de seus colaboradores

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Gerir pessoas não é uma tarefa fácil. Na verdade é bem complexo e exige muito conhecimento. Além de garantir o bem estar de todos e manter os processos funcionando com eficiência, é necessário estar atento à performance de seus colaboradores, identificando quem está indo bem e quem pode melhorar. Por isso, utilizar diferentes tipos de avaliação de desempenho ajuda a analisar esses e outros fatores com maior precisão. 

As metodologias que avaliam a performance de colaboradores e gestores são importantes, pois ajudam a organizar e a obter respostas com base em dados e parâmetros palpáveis. Em outras palavras, elas transformam sensações e impressões, em números e percentuais a serem trabalhados de forma mais objetiva.

Portanto, se você quer adotar uma gestão de pessoas mais estratégica e eficiente, este artigo será de grande ajuda. Nele, vou mostrar os principais tipos de avaliação de desempenho, como cada um deles funciona e como aplicá-los aí no seu escritório de contabilidade.

Vamos lá?

Como funcionam os tipos de avaliação de desempenho e quais são seus objetivos e vantagens?

A avaliação de desempenho é uma análise sistemática da atuação individual ou de um grupo de colaboradores e líderes. Para essa mensuração, leva-se em consideração as atividades desenvolvidas, resultados obtidos, potencial de crescimento, entre outros fatores. 

A aplicação de diferentes tipos de avaliação de desempenho pode trazer para a empresa vantagens, como:

  • Reconhecimento de produtividade e engajamento;
  • Clareza sobre os anseios da equipe;
  • Efetividade das ações de treinamento;
  • Identificação de comportamentos negativos, gargalos e pontos de melhorias;
  • Melhora na relação entre empresa e colaborador;
  • Distribuição e definição de cargos e funções de forma eficiente;
  • Descoberta de novos talentos.

Por sua importância, essa avaliação tem papel estratégico no plano de crescimento de um escritório contábil, uma vez que é uma ferramenta de gestão de pessoas que facilita a compreensão do quanto cada um contribui para os resultados do negócio.

6 Tipos de avaliação de desempenho que você pode aplicar em seu escritório

Agora que você entendeu os objetivos, a importância e as vantagens desta ferramenta, vamos conhecer quais os tipos de avaliação de desempenho você pode aplicar em seu escritório. Afinal, avaliar o trabalho ao longo de um semestre ou ano é fundamental para conhecer erros e acertos e, também, para agir de forma eficiente sobre eles. 

Portanto, vamos conhecer um a um e entender como colocá-los em prática.

1 – Auto avaliação

Esse é um dos tipos de avaliação de desempenho que pode ser extremamente vantajoso para você que já tem em seu escritório uma equipe madura e engajada em trazer bons resultados. Além disso, pode ser uma forma de fazer com que seus colaboradores sintam-se peças fundamentais dos processos de melhoria. 

Aqui, o próprio colaborador é incentivado a criar uma lista com seus pontos fortes e fracos. Depois dessa auto análise ele deve discutir cada um dos pontos levantados com você e, assim, procurar soluções para melhorar o que pode ser melhorado.

Esse tipo de avaliação de desempenho funciona como um estímulo para que seus profissionais possam refletir sobre a suas entregas, promovendo um autoconhecimento e oferecendo a eles a chance de mostrarem seu amadurecimento e sua capacidade de entender os feedbacks repassados pela gestão rumo à melhoria contínua.

No entanto, um ponto de atenção nessa avaliação, está em verificar a sua imparcialidade, e de seu colaborador, no momento da análise dos pontos levantados por ele. Por isso, é fundamental que o diálogo seja transparente e que os resultados não sejam fruto apenas do atendimento aos interesses individuais dos profissionais que participam da autoavaliação.

2- Avaliação 90°

Esse é um dos tipos de avaliação de desempenho, no qual cada gestor avalia o desempenho dos colaboradores pelos quais ele é responsável. Ou seja, a equipe é ponderada pelo seu líder direto. Sendo bastante eficiente, uma vez que os colaboradores são analisados por quem realmente acompanha de perto o trabalho de cada um deles. 

Aqui, podem ser avaliadas entregas, comportamentos, empenho em relação a metas e resultados, comunicação com clientes e equipe, entre outras questões que você considerar importantes. 

Porém, é fundamental ter cautela, pois, dependendo do tipo de liderança e da relação entre um gestor e sua equipe, essa avaliação pode não refletir a realidade da empresa. Isso porque, uma proximidade demasiada pode fazer com que o gestor acabe não enxergando algumas falhas e limitações do seu time. De forma contrária, problemas de relacionamento entre o líder e algum dos membros dessa equipe também podem enviesar a avaliação.

3- Avaliação 180°

Essa avaliação também é chamada de avaliação conjunta, pois é realizada pelo avaliador e pelo avaliado de forma simultânea. Vou explicar melhor: neste modelo de avaliação,  o colaborador avalia o seu líder ao mesmo tempo em que é avaliado por ele. Aqui, geralmente, são discutidos, em forma de feedback, diversos temas, como comunicação, demanda, metas, entregas, liderança, empatia, entre outros.  

Apesar de deixar alguns colaboradores com receio de avaliar seus líderes, esse tipo de avaliação pode ser um importante momento de troca e abertura de canais de comunicação entre vocês. Além de possibilitar uma discussão aberta e livre de julgamentos.  

Porém, esse é um dos tipos de avaliação de desempenho mais adequada para escritórios que já têm uma cultura de feedback efetivo e bem estruturada. Pois, se alguma das partes não souber como oferecer esse feedback de forma adequada, pode gerar mais conflitos do que uma comunicação eficiente.

4- Avaliação 360°

Um dos tipos de avaliação de desempenho mais democráticos, a avaliação 360° é realizada a partir de uma autoavaliação combinada com a opinião de todos aqueles que estão em contato direto com o avaliado no ambiente de trabalho. Isso pode incluir gestores, colegas de equipe e até mesmo seus clientes, dependendo do caso.

Essa avaliação fornece boa credibilidade em seus resultados, uma vez que parte de vários pontos de vista. Além disso, o colaborador também avalia você no questionário, gerando um feedback para toda a empresa. 

Aqui, diversas categorias podem ser analisadas, como comunicação, poder de persuasão, liderança, autonomia, responsabilidade e pontualidade. Claro que, por ser uma avaliação 360°, as categorias podem mudar de acordo com o cargo do avaliado. Ao fim desse processo, é feita uma comparação entre as considerações dos avaliadores e as do avaliado.

5- Avaliação de desempenho por competências

Esse é um dos tipos de avaliação de desempenho que considera muito mais do que a performance do colaborador, colocando em pauta outros três fatores conhecidos como: CHA. São eles:

  • C – Conhecimento: aptidões cognitivas, “saber algo”.
  • H – Habilidade: domínio psicomotor, “saber fazer”.
  • A – Atitude: fator motivador, “querer fazer”.

Nesse método de avaliação, o questionário deve levar em conta as competências técnicas e comportamentais do colaborador.

A princípio, ele responde a esse questionário em uma espécie de autoavaliação, apontando quais competências ele já possui, quais estão em desenvolvimento e quais ainda precisam ser desenvolvidas. Depois, o líder expõe o seu ponto de vista sobre as respostas e, juntos, eles traçam um plano de ação para melhorar o que for preciso.

6- Metas e resultados

Este método de avaliação de desempenho tem uma abordagem de caráter quantitativo. Isso porque, nele são considerados os resultados alcançados pelo colaborador em um período específico. O objetivo é identificar se ele conseguiu atender às expectativas do escritório ou não. 

Por ser baseada em números, esse é um dos tipos de avaliação de desempenho mais seguros e assertivos.

Veja alguns exemplos de fatores a serem avaliados:

A avaliação por metas e resultados também pode ser aplicada à equipe, como um todo, a fim de descobrir quem são os colaboradores mais e menos produtivos.

Pronto para avaliar seu time?

Como você viu, existem diversos tipos de avaliação de desempenho, cada um com suas particularidades, sendo recomendados de acordo com o  perfil ou cultura de cada empresa ou situação específica. Dessa forma, a escolha mais adequada deve levar em consideração os seus objetivos e também os resultados que você deseja obter. 

No entanto, independentemente de qual dos tipos de avaliação de desempenho seu escritório venha a implantar, é importante que essa estratégia seja pautada em dados. E a melhor forma de fazer isso é contar com o apoio de um sistema de gestão, como o Gestta

Isso porque, com o Gestta, sistema criado com exclusividade para escritórios contábeis, você tem acesso a um dashboard completo que te ajuda a mensurar a performance e entrega de seus colaboradores, usando parâmetros assertivos e eficientes. Ou seja, toda atividade, tarefa e atendimento que sua equipe e demais usuários fazem dentro do Gestta, geram registros valiosos e, esses registros são transformados em relatórios que permitem a você fazer a avaliação de desempenho de cada um deles. 

Os relatórios fornecidos pelo Gestta podem ser visualizados em modo de tabela ou gráfico. Ainda, você pode exportar, imprimir ou compartilhar esses arquivos por e-mail com sua equipe. Assim, com os dados fornecidos, é possível tomar decisões estratégicas, encontrar possíveis gargalos e evitar desperdícios.

Alguns desses relatórios, são:

  • Tarefas fechadas com multa 
  • Tarefas fechadas com atraso 
  • Apontamento mensal por usuário  
  • Tempo de resposta
  • Média de tempo por atendimento 

O Gestta também conta com outras funcionalidades que podem ser úteis para a melhoria do seu escritório, como:

Sem contar que o Gestta Messenger, nossa plataforma integrada de gestão de atendimento via Whatsapp, também conta com seus próprios relatórios de performance. Com ele você consegue enviar pesquisas de satisfação aos seus clientes e visualizar dados como o tempo médio de resposta do seu escritório, quais colaboradores encerram mais chamados, quais clientes mais demandam suporte e muitos outros. 

Ficou curioso? Quer conhecer mais sobre a nossa ferramenta? Então clique no botão abaixo e agende uma demonstração online e gratuita do Gestta!

Até o próximo conteúdo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *