Business Valuation – Aprenda a calcular o valor da empresa do seu cliente e adicione mais esse serviço ao portfólio do seu escritório

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Já pensou em adicionar o cálculo do Business Valuation ao portfólio de serviços do seu escritório contábil? Se a resposta for não, está na hora de considerar essa estratégia. Afinal, todo empresário precisa saber o valor do seu negócio, seja para identificar oportunidades que agreguem valor a ele, seja para conquistar investidores ou para auxiliar na tomada de decisões estratégicas. Então oferecer esse serviço personalizado aos seus clientes significa ajudá-los a ter à disposição dados fundamentais para um bom planejamento estratégico .

Por isso, neste artigo, irei explicar um pouco melhor o que é o Business Valuation, como ele é feito e porque você deve adicionar esse serviço ao seu portfólio.

Vamos lá?

O que é Business Valuation?

Esse termo, em português, significa “avaliação de negócios” e tem como objetivo calcular o valor de uma organização a partir da aplicação de um modelo quantitativo.

.

Os responsáveis por esse cálculo, na maioria contadores ou especialistas do mercado financeiro, reúnem diversos elementos da empresa a fim de estabelecer a questão contábil ao valor monetário de bens intangíveis. Por exemplo, a percepção de valor que a marca tem perante os clientes, o potencial de crescimento nos próximos anos, o grau de sofisticação de seus processos e o uso de tecnologias. 

Ter ciência desse valor, ajuda o empresário a identificar as características que valorizam o seu negócio frente ao mercado em que atua. Ainda, o processo contribui para um planejamento assertivo do futuro, pois oferece a ele a compreensão de quanto ainda pode investir no negócio e qual o crescimento estimado para os próximos anos.

Em quais situações seu cliente necessita do Business Valuation de sua empresa?

Existem diversas situações nas quais seu cliente precisará de um Business Valuation, as principais são:

  • Análise do cenário econômico e financeiro do negócio;
  • Questões judiciais;
  • Procura por investidores;
  • Após a aquisição da empresa de um terceiro;
  • Desejo ou necessidade de venda;
  • Adição de novos sócios;
  • Mudança de tributação;
  • Auditoria fiscal. 

Como calcular o Business Valuation do seu cliente

Agora que você já entende melhor o que é o Business Valuation e quando ele se faz necessário para o seu cliente, chegou a hora de aprender a calculá-lo. 

São várias as formas de se avaliar uma empresa, mas, abaixo, irei mencionar os métodos mais utilizados: 

Liquidação

Essa é a metodologia mais simples para calcular o Business Valuation. Aqui, restringe-se à soma dos bens imobilizados e ignora-se dados intangíveis, como o tamanho da carteira de clientes que o negócio tem, por exemplo.

Dessa forma, o cálculo do Business Valuation por liquidação, soma a venda do patrimônio listado no balanço, como equipamentos, móveis, veículos, entre outros e, em seguida, subtrai as dívidas contraídas pela empresa. O resultado final será o valor do negócio do seu cliente para o mercado.

Múltiplos

Já a avaliação por múltiplos é um pouco diferente, mas também não leva em consideração o potencial de crescimento do negócio. Neste método, a estimativa é baseada nas avaliações econômicas e financeiras feitas em empresas da mesma área de atuação e em transações já realizadas. Também é importante considerar organizações com portes e atributos semelhantes, para que a comparação seja válida emais precisa possível.

Esse é o cálculo mais indicado quando seu cliente precisa realizar a análise rápida do Business Valuation de sua empresa.

Fluxo de Caixa Descontado

Esse é um dos métodos mais completos. Também conhecido pela sigla FCD, aqui reúne-se os bens tangíveis e intangíveis do seu cliente, como os investimentos realizados em ativos operacionais, o custo do capital e os riscos do segmento em que ele atua.

E diferente dos outros que citei antes, esse cálculo abrange a análise de fatores externos, como carteira de clientes, grau e porte da concorrência e ambiente macroeconômico, tornando possível uma estimativa do desempenho do faturamento e das despesas em um período futuro e com mais precisão. Também são consideradas despesas operacionais e administrativas, o capital de giro e os investimentos realizados e pensados para o futuro e o custo de capital do negócio, também conhecido como WACC (Custo Médio Ponderado de Capital).

Por que adicionar o cálculo do Business Valuation ao seu portfólio de serviços?

Considerando a quantidade e qualidade de dados que devem ser considerados para calcular o Business Valuation de uma empresa, mesmo os métodos mais simples, tendem a ser uma tarefa difícil para pessoas sem experiência. Por isso, o seu trabalho aqui, como contador, é essencial. 

Problemas que seu cliente pode ter tentando calcular seu Business valuation sozinho:

Além disso, somente o seu conhecimento aprofundado sobre a empresa do cliente, o manterá longe dos seguintes problemas: 

Informações incorretas ou pouco confiáveis

Para que a avaliação de uma empresa seja feita de forma correta é fundamental se basear em dados sólidos e confiáveis. Dessa forma, por melhor que seja o profissional, se ele realizar o cálculo utilizando informações incorretas, será impossível apresentar um resultado condizente com o real Business Valuation do cliente.

Dessa forma, a melhor maneira de evitar esse tipo de problema é contar com o seu escritório. Afinal, você já conhece os detalhes da empresa dele, seu fluxo de caixa e tem em mãos registros e dados precisos sobre o negócio. Além de informações reais e atualizadas sobre o desempenho da empresa, o que é imprescindível para um cálculo preciso.

Falta de atenção

A falta de atenção ao calcular o Business Valuation também é um erro fatal para uma empresa. Isso porque, o responsável por realizá-lo precisa computar um número elevado de informações, o que pode levar até mesmo o profissional mais empenhado a cometer erros.

Por isso, além de contar com sua fonte segura de dados, ter a ajuda confiável e experiente do seu escritório, faz toda a diferença.

Ou seja, devido ao alto grau de complexidade que o cálculo do Business Valuation exige, é fundamental para o cliente poder contar com o apoio e conhecimento especializado do seu escritório para avaliar a sua empresa. Afinal, seu escritório e sua equipe terão condições de atuar em todas as etapas do processo, apontando os melhores caminhos para ele de forma segura e confiável. 

Agora é com você

Espero que esse artigo tenha concedido a você as informações necessárias para adicionar mais esse serviço ao portfólio do seu escritório. Afinal, ninguém conhece melhor o negócio do seu cliente do que você. Além disso, esse serviço pode ser o grande diferencial competitivo do seu escritório, atraindo mais clientes e fidelizando a sua carteira existente. Ou seja, não tem motivos para não começar esse trabalho. Então, bora colocar a mão na massa? 

Até o próximo conteúdo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *