Cultura de inovação – Veja 7 dicas para colocá-la em prática e tornar o seu escritório mais competitivo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Aplicar e incentivar a cultura de inovação em um escritório contábil é o desejo da grande maioria dos gestores. Principalmente, aqueles que querem melhorar os processos de suas empresas e ainda manter engajados e motivados aqueles que contribuem para o crescimento do negócio: os colaboradores. Inclusive, em nossos grupos de contadores no WhatsApp, entre centenas de assuntos relevantes que são discutidos todos os dias, a cultura de inovação tem sido frequentemente abordada. 

Isso porque, esses gestores reconhecem a importância de inovar introduzindo novos produtos e serviços em seus escritórios, incentivando a criatividade e a geração de novas ideias e soluções que os diferenciem de seus concorrentes

No entanto, aplicá-la ainda é um desafio. Pois, envolve sair da zona de conforto, deixando para trás qualquer resquício de um ambiente engessado, permitindo que todos possam de fato explorar suas ideias. 

Por isso, neste conteúdo, irei falar um pouco mais sobre esse conceito, sua importância e como aplicar essa cultura em seu escritório de maneira eficiente.

Vamos lá? 

O que é a cultura de inovação

Quando você pensa na palavra inovação, qual a primeira coisa que vem à sua cabeça? A maioria das pessoas associa essa palavra somente à adesão de novas tecnologias e produtos. No entanto, é fundamental que você entenda que ela vai muito além disso. 

Inovar pode envolver também a criação de novos modelos de negócios, novas formas de atender as necessidades de seus clientes, novos processos organizacionais, novos fluxos de trabalho e novos meios de competir e cooperar no ambiente empresarial. Ou seja, em um cenário tão competitivo como contábil, inovar significa crescer de forma constante. Sendo algo essencial para a sobrevivência de um escritório e para a criação de novos diferenciais competitivos. Afinal, é só inovando que se consegue estar à frente da concorrência. 

Neste contexto, a grande sacada para transformar isso em algo escalável, efetivo e sustentável é agregar a cultura nesse processo. É aí que surge a cultura de inovação

Dentro de uma organização, a cultura de inovação está diretamente relacionada aos comportamentos, valores, crenças e hábitos que o escritório adota na intenção de criar um ambiente mais colaborativo, criativo, inovador e sustentável. Tudo isso, resulta em novos produtos, soluções, métodos e processos.  

Por isso, os escritórios que promovem uma cultura de inovação acreditam que um ambiente fértil para o surgimento de novas ideias é sempre muito mais promissor e relevante. Isso dá abertura a uma postura mais questionadora e corajosa, o que traz  resultados surpreendentes para a empresa.

Quais os benefícios de aplicar a cultura de inovação no escritório contábil

Como você pode ver, escritórios que investem na cultura de inovação podem colher diversos benefícios e um deles é a sobrevivência do negócio. Afinal, não incentivá-la, pode estagnar a empresa e fazer com que ela seja rapidamente ultrapassada pela concorrência. 

Vamos conhecer abaixo outras vantagens da cultura de inovação: 

Melhora os processos internos

O impacto de uma cultura de inovação para os processos internos tende a ser enorme quando ela vem seguida de autonomia e alinhamento. 

Isso porque, com esses dois conceitos em prática, cada colaborador tem consciência do seu papel no desenvolvimento da equipe. E é incentivado a otimizar suas atividades e propor melhorias, o que tende a tornar a empresa mais eficiente.

Além disso, ninguém melhor do que o próprio colaborador para conhecer quais melhorias poderiam fazer a diferença em sua rotina de trabalho. Afinal, por mais simples que um trabalho possa parecer, a ampla visão de um líder pode deixar passar detalhes que não fogem aos olhos do colaborador.

Assim, quando se tem autonomia para fazer questionamentos pertinentes em relação ao seu ofício e alinhamento para propor melhorias em cada demanda da qual ele participa, os processos podem ser otimizados. 

Um ambiente inovador estimula a apresentação frequente de ideias e sugestões de melhoria. Dessa forma, cada colaborador é incentivado a buscar a otimização de suas atividades ao mesmo tempo em que executa cada uma delas.

Motiva a equipe

A cultura de inovação também tende a impactar diretamente a performance e dedicação dos colaboradores. Isso porque, o engajamento de uma equipe aumenta quando eles se sentem confiantes para compartilhar ideias e são reconhecidos por elas.

Por isso, outro benefício da cultura de inovação é a facilidade que o gestor tem para estimular esse comportamento, criando canais de comunicação pelos quais os colaboradores podem apresentar suas sugestões de melhorias para os processos realizados. 

Isso aumenta o engajamento deles e, consequentemente, desenvolve um time que busca mais produtividade na execução de suas funções.

Agiliza o lançamento de novas soluções

O mindset de experimentação e agilidade é o que diferencia uma empresa que se antecipa às tendências, daquelas que são pegas de surpresa pelas novidades do mercado. 

Investir em novos projetos, produtos e soluções que podem ser lançados rapidamente, permite ao escritório colher os lucros mais rápido ou corrigir os erros com mais agilidade.

Além disso, as melhorias também podem ser feitas em soluções e serviços já existentes. E, assim, oferecer um valor ainda maior aos clientes atuais e alcançar novos mercados, aumentando os lucros. 

Viabiliza ajustes mais rápidos a imprevistos

Todo escritório, por mais bem organizado que seja, passa por momentos de dificuldades que podem estar relacionados a fatores internos ou externos. 

De qualquer forma, é praticamente impossível prever tudo o que pode dar errado e escapar dos imprevistos do cotidiano contábil.

Por essa razão, é fundamental que todos do escritório estejam preparados para lidar com situações de dificuldade. Pois, em um momento difícil ou frágil para o negócio, uma equipe inovadora, pode fazer a diferença na forma como o escritório irá lidar com os problemas.  

Ou seja, profissionais envolvidos em uma cultura de inovação são mais familiarizados com a criatividade e a prática de pensar em alternativas é algo mais natural para esse grupo. E, tudo isso, torna mais fácil e menos estressante para o escritório lidar com problemas. Afinal, novas soluções são incentivadas e todos são aptos a dar suas sugestões. 

Facilita a implementação de novas tecnologias

A implementação de novas tecnologias é outro fator muito importante para manter a expansão e a competitividade do negócio.

Entretanto, colocar a tecnologia para trabalhar em seu favor exige uma cultura inovadora na qual todos contribuam com a busca por ferramentas que otimizem os processos.

Softwares mais eficientes, ERP ‘s contábeis, aplicativos e sistemas de gestão otimizados que ajudam a tomar decisões precisas, rápidas e baseadas em dados, são ótimos exemplos disso.

A cultura de inovação ajuda a garantir que a tecnologia seja uma parte importante da experiência dos colaboradores e da estratégia do negócio. Além disso, quando eles participam de todo o processo, desde a escolha até a implantação, sentem-se mais engajados e motivados a fazerem com que as ferramentas funcionem. 

Como incentivar a cultura de inovação em seu escritório contábil

Assim como ocorre com a cultura empresarial, a cultura de inovação deve ser compreendida como um modelo de gestão, que tem suas origens no topo da hierarquia. E é repassada aos demais níveis de maneira colaborativa e eficiente. 

E, como a implementação de uma cultura costuma ser um processo complexo, é importante que você, como gestor, busque formas de introduzi-la e incentivá-la respeitando os principais obstáculos, desafios e forças das equipes.

Por isso, abaixo eu deixei algumas dicas que vão ajudá-lo nessa mudança de mindset:

1- Alinhe os valores com os objetivos

Quando uma empresa contábil é muito tradicional e tem valores conservadores que já estão consolidados na sua cultura, é quase impossível aplicar a cultura de inovação apenas criando objetivos com esse foco. 

Por isso, para que essa mudança seja possível, é necessário mudar também a filosofia estabelecida em seus processos, demandas e ambiente, alinhando assim novos valores a novos objetivos. 

Em outras palavras, é fundamental fazer um planejamento de como a mudança se dará em todos os níveis e áreas do escritório. Contemplando desde os conceitos mais básicos passando por todos os processos internos.

Dessa forma, a organização deve definir um propósito que justifique a sua existência para então, gradualmente, mudar a forma como sua força de trabalho pensa e age.

Ou seja, não dá pra implantar uma cultura de inovação do dia para a noite, mudando drasticamente a forma como as coisas são feitas. È necessário começar dando pequenos passos e incentivos. 

2- Incentive a postura de aprendizagem

Quando iniciar a mudança de mindset, comece também a incentivar e estimular seus colaboradores a compartilhar ideias e explorar iniciativas. Sem medo de errar, dando apoio e autonomia a eles para que façam isso. 

A inovação pressupõe incerteza, portanto, é natural que erros ocorram. Por isso, o ideal é que você reforce a todos que inovar envolve errar e aprender em interações contínuas. 

Além disso, nem sempre as decisões tomadas serão corretas e o erro também faz parte do processo. O mais importante é corrigir a rota e não deixar que eles impeçam seu time de pensar de forma criativa e criar novas soluções. 

Por isso, ao invés de julgar o erro, incentive que seus colaboradores adotem uma postura de aprendizado. Afinal, quase todas as inovações são resultados do aprendizado prévio de erros. E, muitas vezes, esses mesmos erros podem ser transformados em oportunidades e melhorias. Basta enxergar o potencial de inovação em cada atitude.

Então, certifique-se que seus colaboradores saibam disso.

3- Crie times diversos

Como bem diz minha mãe: o que seria do amarelo se todos gostassem do verde? Ou seja, se todos pensam e agem igual, não há espaço para uma cultura de inovação. 

Por isso, a diversidade é fator crucial para um escritório que deseja ser inovador. Isso porque, além de agregar grupos minoritários, com times diversos, traz mais fluidez na geração de ideias com proposições e sugestões mais variadas, vindas de pensamentos e pontos de vista diferentes. 

Times extremamente homogêneos podem dificultar o desenvolvimento de ideias que contribuam com o processo de inovação. Já a pluralidade fortalece a circulação de novos conhecimentos.

Portanto, valorize profissionais que entendam a visão da empresa e estejam alinhados com os seus valores, mas que não necessariamente pensem igual. Ter funcionários com um conjunto alternativo de ideias e abordagens de resolução de problemas irá facilitar a criação de um ambiente inovador.

4- Incentive a gestão flexível e dê voz aos colaboradores

Desenvolver uma cultura de inovação tem tudo a ver com as interações dos colaboradores com a empresa. Por isso, além de contratar times diversos e estimular a criatividade, deve-se fazer com que todos tenham oportunidade de contribuir. 

Portanto, seja aberto e acessível a novas ideias. E certifique-se de que cada colaborador seja incentivado a compartilhar seus insights, sejam quais forem.

A criação de espaços dentro das reuniões rotineiras para discutir a inovação, fóruns de discussão, workshops ou até mesmo aquela conversa descontraída durante um café, pode ajudar a dar voz e oportunidade para todos. 

Uma gestão um pouco mais flexível e horizontal também estimula e abre portas para o compartilhamento de ideias. Além disso, com a autonomia que esse tipo de gestão libera aos colaboradores, eles podem tomar mais decisões e isso ajuda na criação de novas soluções e processos. Assim, certifique-se de que todos os líderes da empresa compactuam com essa nova abordagem.

5- Crie um local para o compartilhamento de novas ideias

Para que você obtenha ainda mais sucesso aplicando e incentivando a cultura de inovação no seu escritório, que tal utilizar um canal adequado, como um banco de ideias? Ele pode ajudar a estimular a cultura de inovação.

Afinal, é importante disponibilizar uma ferramenta que te ajude a captar e registrar essas ideias e, assim, transformá-las em oportunidades. 

Por isso, um banco de ideias pode ser o seu grande aliado. Ele utiliza as sugestões dos colaboradores como principal caminho para algo realmente inovador. Isso porque, muitas vezes, os insights obtidos a partir desse instrumento reduzem os desperdícios, aperfeiçoam os processos, aumentam a economia no uso dos materiais e ampliam os lucros.

Ou seja, é importante ter um espaço de armazenamento pré-definido e organizado. Já que, sem um controle adequado, as ideias acabam se tornando um amontoado de informações que ficam paradas em algum lugar até serem esquecidas com o tempo.

O banco de ideias pode ser implementado de três maneiras:

  • Interno, através de e-mails, intranet, espaço na rede de computadores, entre outros;
  • Formulários online como os do Google forms;
  • Focus Group, que são  grupos de trabalho que se reúnem periodicamente para analisar o cenário e identificar oportunidades de melhoria.

O mais importante aqui é ter um local aberto e adequado para que seu escritório receba essas novas ideias de forma assertiva, sem deixar que nenhuma se perca. 

6- Agregue tecnologia para liberar tempo

A criatividade tem tudo a ver com tecnologia. Assim, usar novas ferramentas e possibilidades para diminuir o tempo gasto com tarefas pode sempre ser positivo para o grupo.

Ou seja, adicionar ao dia a dia de seus colaboradores, ferramentas que facilitem sua rotina e liberem tempo para que tenham novas ideias é fundamental para aplicar a cultura de inovação de forma eficiente.

Por isso, os líderes e gestores devem buscar alternativas que permitam que seus colaboradores utilizem a expertise deles em áreas mais estratégicas do negócio, que possam mesmo contribuir para o crescimento escalável do escritório. 

7- Utilize outras ferramentas também

Para implantar melhorias com base na inovação, é necessário entender quais brechas existem em seus processos. E ter uma visão panorâmica para compreender as lacunas deixadas pelo mercado para essas mudanças.

Nesse sentido, é imprescindível utilizar instrumentos que ajudarão sua empresa a entender o que precisa ser modificado, direcionando as mudanças de forma correta.

Pode-se, por exemplo, realizar um diagnóstico das oportunidades, forças, ameaças e fraquezas que circundam sua instituição com o auxílio da ferramenta estratégica Matriz SWOT. Ela esquematiza as variáveis de seu ambiente interno e externo, simplificando a compreensão do que deve ser transformado. 

Outra importante ferramenta de gestão estratégica que pode ser utilizada é o Balanced Scorecard (BSC), que traduz a missão e os valores da organização em metas em indicadores de desempenho.

Como última dica, lembre-se que sair da zona de conforto pode ser a decisão mais segura

Não é fácil sair da zona de conforto, é por isso que esse é um ato de grande coragem. Afinal, deixar um processo que funciona para arriscar alternativas hipotéticas, causa um frio na barriga e, às vezes, muito medo. No entanto, correr riscos calculados pode ser muito importante para a saúde e sobrevivência da sua empresa.

Com o advento e popularização da internet, as tendências de mercado, as necessidades e o comportamento de consumo das pessoas, têm mudado muito rapidamente. Por isso, você precisa estar de olho em tudo isso e, mais importante, acompanhar essas mudanças.

Se o seu escritório deixar de buscar inovação e apenas continuar apostando no que tem funcionado, pode ser engolido pela concorrência e correr grandes riscos de se tornar obsoleto da noite para o dia. Por isso, sair da zona de conforto e apostar na cultura de inovação pode ser uma decisão, além de certa, muito mais segura. 

Pronto para inovar? 

Espero que esse artigo tenha ajudado você a entender um pouco mais sobre o que é a cultura de inovação, seus benefícios e como aplicá-la em seu escritório. 

Ter a inovação como um valor no seu escritório, significa apostar em uma cultura em que todos se sintam confortáveis para pensar de forma independente e encontrar novas maneiras de resolver problemas. 

Por isso, você, como gestor, deve estar disposto a incentivar ideias inovadoras. Claro que isso não quer dizer que toda ideia deve ser usada, pelo contrário, uma cultura de inovação deve estar preparada também para analisar e filtrar o que deve ser levado a diante e o que pode ser melhorado, refinado ou guardado para ser usado em outra oportunidade. O importante é ouvir e incentivar o coletivo a expressar suas ideias de forma clara, organizada e assertiva, como mostrei ao longo desse conteúdo. 

E se você já incentiva a cultura de inovação em seu escritório, me conta aqui nos comentários como tem sido essa experiência. Sua contribuição será muito bem vinda!

6 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *